Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

O Nascimento

Foto de Tereza Zhafon


Vou contar uma história...

Sábado à noite, enquanto jantava, recebi um SMS da Manuela "estou no MSN, o Paulo e a Vera vem a caminho. Podes vir também para reunirmos por causa do encontro de Abril?"... Claro que sim, respondi. Logo que acabe de jantar vou ter convosco.

Nunca reuniram no Messenger? Pois, é verdade... é no MSN que estamos os 4 a preparar um encontro para Abril, do qual darei mais noticias a seu tempo.

Importa agora que a reunião de sábado foi para acertarmos o alinhamento. Passou-se do alinhamento ao blogue que foi criado para o tornar público. E foram pedidas sugestões sobre o que se havia de colocar ou não nesse espaço. Ora alguém sugeriu que nesse blogue deveriam estar os organizadores com os respectivos links para os seus blogues, assim como o nome e o respectivo blogue de quem vai colaborar. A sugestão foi aceite mas a Manuela lembra-se dum detalhe...
- "Então e a Stone? – não tem blogue, como é que a coloco?"
Pergunta alguém "e porque é que não tens blogue"
E eu respondo – porque nunca pensei em tal coisa. Não o sei fazer nem tenho tempo para o manter".
E pergunta o Paulo – "mas queres um blogue?"
E respondem a Manuela, e a Vera quase ao mesmo tempo – "sim ela quer".
Não me deram tempo de dizer nem que sim, nem que não nem que nim…
A Manuela e a Vera ofereceram-se logo para me ensinar a fazer e eu expliquei.
- "Ok, vocês ensinam-me, mas só lá para Abril que agora não tenho tempo".
E logo a Manuela e o Paulo ao mesmo tempo – "eu faço o blogue"


E pronto, deste ponto em diante acabou-se a reunião pela dita causa… e começa a reunião por causa do meu blogue... e esta heim?

Uma reunião que foi, na verdade, de rir.... Eu conto alguns detalhes... nome para o dito blogue – sugestão daqui, sugestão dali, o primeiro nome sugerido pelo Paulo foi aceite por todos, depois como esse nome estava usado, tiveram de criar outro. A seguir as dificuldades decorrentes da criação dum blogue. Quem o começou foi a Manuela, mas, já desesperada porque não estava nos seus dias com uma dor de cabeça, acabou por passar o processo criativo ao Paulo...

Logo a seguir começa a outra discussão - que modelo usar... e meus amigos, aqui também foi engraçado porque cada um de nós escolheu um modelo diferente. Creio que este foi o ponto em que o Paulo começou a perceber que estava tramado. Decidido o modelo, passamos à cor. A Manuela foi-se deitar e fiquei eu, a Vera e o Paulo. A Vera queria rosa, como o dela... eu ainda pensei num verde-claro mas o Paulo que é do Sporting ia gozar comigo o resto dos meus dias.... Hum, ainda deu tempo da Vera cair e de voltar à conversa e o tema continuava a ser a cor, o modelo.

Amigos, à uma da manhã acabei por ir dormir e confiei a criação do meu blogue ao Paulo...

Sobre o conteúdo? Não esperem encontrar nada de especial... para já só coloquei o poema (sobejamente conhecido de todos) que deu origem ao nome que uso na blogosfera. Aos poucos irei aqui colocar algumas das (poucas) coisas que tenho já publicado em dois sites. Não são tratados literários, não são o supremo da escrita... são apenas algumas coisitas. E, se os escritores que gosto e admiro autorizarem, colocarei lá também coisas deles…

E claro... aceitam-se, sempre, sugestões...

José Torres – agradeço-te o incentivo para que escreva. Timidamente lá vai acontecendo…

Manuela e Vera – obrigado pelas ideias fabulosas que foram dando ao longo da conversa e pelo apoio

Paulo – um beijo grande, bem grande pela trabalheira que tiveste este fim-de-semana. Já sei que estamos combinados que não haja obrigados...

Luís, Conceição B., Rosa Maria, Laura Gil – obrigado por todo o apoio que tem dado (ok, ok, também tínhamos combinado que não havia obrigados...)