Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

A escola da Margarida

Foto de Ian Cameron

Na escola da Margarida há espaços lindos para os meninos e as meninas brincarem, e as salas de aulas são grandes.
Os professores são os amigos crescidos que se preocupam e que ensinam coisas importantes para a vida futura.
Todos os dias as amizades florescem na Escola da Margarida.
Todos os dias as crianças estão felizes e assim aprendem a conhecer o mundo.
A Escola da Margarida é tão bonita porque tem crianças lindas e espertas que ajudam a simplicidade das coisas boas da vida.
E os outros meninos, das outras escolas, querem conhecer a Margarida, a menina que tem uma escola tão boa e especial.
Talvez um dia a Margarida vos mostre a sua escolinha ou vos escreva a contar o que lá acontece…

Este texto foi dedicado e oferecido à minha filha Margarida que tem 6 anos, pelo Paulo Afonso.
A Margarida tem a felicidade de estar uma escola boa, com espaço para brincar. Por sorte tem também uma professora interessada e que a tem ajudado a descobrir o mundo da escrita, da matemática...
E como gosta de escrever (anda sempre com um caderno e uma caneta) resolveu responder ao pedido do Paulo e explicou o que se passa na escola dela.

Na escola eu faço muitas coisas e também aprendo muitas letras. Já aprendi muitas letras.
Na escola eu já aprendi os números até 11 mas sei os números até 100 na matemática. Eu gosto da matemática.
Na escola eu e os meus amigos falamos do estudo do meio e do tempo.
Na escola eu no recreio salto à corda e com as minhas amigas elas seguram na corda.
Na escola 6 eu tenho uma professora que se chama Verónica e também outras professoras.
Eu gosto muito da escola.
A minha professora é boa porque me ensina muitas coisas.