Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

És tudo o que é secreto em mim

Foto de Hugo Romano

Há muitas estrelas que aceito acordar
Num céu escuro
Abandonado pela alma…

Há tanto tempo que rejeito
A sua procura
Quando me sentava na tua parede azul...

Acendo a luz da noite
E deixo-me ficar ali, à tua espera
Calo os meus segredos nas caixas dos teus
E vejo a noite seguir em viagem distante
Para além do teu corpo
Alinhado em figura de estilo
A passar encostado ao tempo...

Ali...
Descubro beijos em avulso
Enrolados em lágrimas
Como água de um rio

…tudo o que é secreto em mim...

Poema de Manuela Fonseca