Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Sobram coisas para fazer depois de acabar o tempo...

Foto de Wayne Suffield

Acendem-se as luzes da rua
Antes da noite descer
Os passos apressam-te
No vagar de um transporte
Que te leva ao destino das coisas maiores

E no rodar da chave
Risos e gritinhos
Desenham a felicidade
Na esquina da tua vida

No descanso do sofá
Acolá…habitual
Adormeces o cansaço
Num sorriso pleno…cheio de ti!

E assim…
Sobram coisas para fazer
Depois de acabar o tempo…

Manuela Fonseca

Um dia destes estávamos as duas à conversa, quando me saiu esta frase que uso habitualmente... no dia a seguir saiu este poema