Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Coisas que aprendemos nas salas de espera dos hospitais...

E como é que ela (a médica) sabe que o que tenho é uma dor muscular se não me mandou fazer um RX?

Obviamente que o facto de terem estudado uns anos valentes não lhes dá a capacidade de fazerem diagnósticos nem de perceberem o que é uma dor muscular...

Veja lá que estou aqui cheia de dores de cabeça e com a tensão alta. Esta manhã também me doeu mas eu pedi à minha vizinha que me tirasse o mau olhado. E olhe que tinha. Mas o mau olhado nunca me aconteceu à noite, agora deve ser outra coisa.

Naturalmente que as dores de cabeça de manhã são do mau olhado. À noite vai-se ao hospital...

Só mesmo a força dum homem é que conseguia agora mexer esta cadeira de rodas

Claro que sim, principalmente se a pessoa que a está a tentar mexer estiver a empurrar no sentido da porta....

 

E ainda:

 As bolachas que servem aos doentes sabem lindamente quando estamos esfomeados porque não jantamos.

 Se um médico estiver com dificuldade em falar... é ele que vai ter de chamar os doentes com os nomes mais esquisitos e é ele que vai ter o microfone avariado.