Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

A distracção

527114_635423613139371_26495647_n.jpg

Há uns anos atrás – mais do que aqueles que tinha na altura – sai de casa dos meus pais, como de costume, para ir trabalhar. Já na altura saia cedo de casa, por volta das 7h/7h15, sempre cheia de sono (obviamente!)

Ora, numa rua com pouquinha gente àquela hora da madrugada, naquele dia meteu-se um homem à minha frente. E eu desviei-me. E ele desviou-se para o mesmo lado. E eu desviei-me de novo e ele idem.

E eu pensei: mas que raio quer este?

E o homem vira-se para mim e diz-me qualquer coisa como: vamos continuar a dançar ou vais dar-me um beijo?

Era o meu avô!