Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

A Cidade de Vidro

8432018.jpg

A Cidade de Vidro (Caçadores de Sombras #3) de Cassandra Clare

Editado em 2013 pela Editorial Planeta
ISBN: 9789896570903
 
Sinopse
Para salvar a vida da mãe, Clary tem de ir à Cidade de Vidro, o lar ancestral dos Caçadores de Sombras - não a incomoda que a entrada nesta cidade sem autorização seja contra a Lei e que violá-la possa significar a morte. Piorando mais a situação, ela vem a saber que Jace não a quer lá e que Simon foi encarcerado na prisão pelos Caçadores de Sombras que suspeitam de um vampiro que tolera a luz do Sol. Ao tentar descobrir mais pormenores sobre o passado da sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Sebastian. Com Valentine a reunir toda a força do seu poder para destruir de uma vez por todas os Caçadores de Sombras, a única possibilidade de estes o derrotarem é combater ao lado dos seus eternos inimigos. Mas podem os Habitantes do Mundo-à-Parte e os Caçadores de Sombras pôr de lado o seu ódio mútuo e aliarem-se? Embora Jace compreenda que está pronto a arriscar tudo por Clary, poderá ela utilizar os seus poderes recentes para ajudar a socorrer a Cidade de Vidro - custe o que custar? O amor é um pecado mortal e os segredos do passado provam ser letais quando Clary e Jace enfrentam Valentine no último volume da trilogia Os Instrumentos Mortais - obra que figura na lista de sucessos literários do New York Times. Caçadores de Sombras é o título da trilogia que começa com A Cidade dos Ossos, com uma fantasia urbana povoada por vampiros, demónios, lobisomens, fadas, e que é um autêntico romance de acção explosiva.
 
A minha opinião
É oficial. Estou viciada nos caçadores de sombras. Obrigadinha Neurótika (só te perdoo por causa dos ebooks que disponibilizaste no teu blog).
Jace, Simon, Clary, Alec, Luke e Isabelle são agora os meus companheiros de viagem. Sim, um é vampiro, o outro lobisomem e temos quatro caçadores de sombras. Certo. Qual é o problema? vão dizer-me que não sei escolher a companhia?
Fora de brincadeiras, a verdade é que, de facto, esta trilogia (de seis livros...) é mesmo viciante. Todos os bocadinhos livres são poucos para a ler. Hoje dei por mim, na conservatória do registo predial, aborrecida porque fui logo atendida assim que cheguei... Enfim, coisas que só um leitor compulsivo entende.
Quando Madeleine explica a Clary o que deverá fazer para salvar a mãe, Clary não hesita e convence Jace a levá-la a Idris para que, em Alicante, encontre o feiticeiro que tem, na sua posse, o Livro Branco onde está o feitiço que Jocelyn bebeu bem como o seu antídoto. Mas nada na vida de Clary é simples nem corre como planeado e, de repente, Clary está em Idris mas sem Jace ou Alec. E Simon, o seu amigo Simon, que agora é vampiro também lá está, chamando a atenção para si por ser o único vampiro capaz de suportar a luz do Sol.
Pelo meio a Clave está sobre ameaça de Valentine e só uma forte união entre os caçadores de sombras e os habitantes do mundo à parte pode salvar Alicante e os caçadores. Será que todos estarão dispostos a deixar que as diferenças os unam? e porque é que Clary sente que reconhece Sebastian sem nunca o ter visto antes?
Este deveria ter sido o último livro desta trilogia mas, por razões que desconheço, a autora escreveu mais três. Por mim, encantada, vou pegar já no quarto para não deixar arrefecer o lugar.