Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #11

diabetes-and-skin-problems-4.jpg

 

Quando chega o Inverno, chegam também as frieiras. A conjugação do frio com a pele seca levam ao aparecimento desta chaga que é difícil de tratar.

Quando se fala em frieiras surge a dica do costume (ou pelo menos é que o me dizem aqui) - fazer xixi para o local afectado. Ok. Se eu estivesse numa ilha deserta, com imensas frieiras e sem nada por perto, talvez experimentasse. Talvez é a palavra chave!!!

Andei portanto aqui a pensar e em pesquisa para ver se haveria remédios mais... vá, aceitáveis e menos... estranhos para as frieiras.

Então aqui ficam algumas dicas:

  • Passar um batom de cieiro nas zonas afectadas
  • Aplicar gel à base de aloé vera (à venda nas farmácias e para farmácias)
  • Pensos com chá de camomila - Embebe-se compressas em chá de camomila e aplica-se duas vezes ao dia
  • Num frasco de gargalo largo, colocar 10 dentes de alho e cobrir com álcool etílico. Deixar em infusão durante 8 dias em local fresco e seco. Friccionar as frieiras com este preparado 2 vezes por dia. Por fim aplicar um bom creme hidratante, que pode ser vaselina ou glicerina e repita o tratamento todos os dias até que as frieiras desapareçam por completo.
  • Aplicar duas vezes ao dia óleo de gérmen de trigo
  • Colocar sumo de laranja natural e deixar secar. Depois lavar com água tepida.

De qualquer maneira, a prevenção é fundamental. E para prevenir nada como:

  • A primeira medida e a mais óbvia, é optar por evitar a exposição ao frio;
  • Nos dias mais frios de inverno ter sempre o cuidado de usar vestuário que proteja destas condições climatéricas mais rigorosas. É especialmente importante que se use vestuário que proteja as extremidades do corpo, como as mãos e os pés;
  • Evitar lavar as mãos e pés com água muito quente, especialmente se depois as for expor a temperaturas mais frias
  • Evitar proximidade de aquecimentos

Conhecem mais dicas? partilhem connosco nos comentários que eu acrescentarei.

 

(podem consultar, aqui mesmo ao lado, os tópicos já publicados nesta rubrica)

Quem participa na rubrica:

Segunda-feira - Nia

Terça-feira - Ana

Quarta-feira - Bomboca de Morango

Quinta-feira - Sofia Margarida

Sexta-feira - Eu

Esta rubrica não está restringida a nós. Todos podem participar. Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados.

22 comentários

Comentar