Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Conversas #15 sobre a morte

Soube hoje que, quando a minha avó morreu, aconteceu esta conversa entre os meus filhos e os meus sobrinhos:

- Não percebo porque é que as pessoas morrem todas à noite.

- Pois é, o avô Manuel também morreu à noite.

- Olhem, mas não são só as pessoas. Um dos nossos coelhos também morreu à noite.

- O que vocês ainda não sabem é que, a maior parte das vezes, nós somos feitos à noite...

28 comentários

Comentar

Pág. 1/2