Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

StoneArt Portugal

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Eu e os meus livros. Sejam bem vindos a esta minha casa.

StoneArt Portugal

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Eu e os meus livros. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Facebook

378940.jpg

Já disse aqui várias vezes que sou defensora do bom uso das redes sociais, principalmente do facebook. Sou utilizadora há imenso tempo e como o uso com os cuidados devidos, ainda não tive qualquer dissabor. Sim, porque os dissabores acontecem e por isso há que os saber prevenir e evitar.
Infelizmente nem toda a gente sabe usar o facebook e, com isso, coloca-se a si própria, aos filhos e aos outros em risco. É a falta de juízo a vir ao de cima. E se alguns riscos são simples, outros podem ser bastante maus.

Nunca é demais lembrar que a pedofilia e as redes sociais juntam-se com a maior das facilidades. Que há fotos dos seus filhos que não deve publicar na Internet (e que agora até a PSP alerta para isso) e porque a Varicela & Facebook/Blogs não combinam, de todo. Porque a praia é excelente se a soubermos aproveitar e não facilitarmos.

Mas há mais regras que são fundamentais na utilização do facebook. E se, algumas, são apenas de "bom tom" as outras serão mais importantes.

Ora vejamos:

Likes

Comentava eu ontem com a minha piolha que uma colega dela tinha escrito, no seu perfil do facebook: Faço ataques de likes! se queres dá like. Felizmente a minha filha olhou para mim e disse-me apenas: mais uma a querer atenção, não ligues. O like não é uma moeda de troca - eu faço like no teu e tu fazes no meu. A ideia do like é mostrar que lemos o que os outros escreveram e que gostamos do que lemos. Fazer like na própria publicação é.. parvo! se publicamos foi porque gostamos, certo?

Fotos

Para além do que falei mais acima, acerca das fotos que não devemos publicar dos filhos, há mais uns cuidados a ter. Quando quiserem partilhar uma foto vossa com mais alguém, perguntem a esse alguém se não se importa. E não identifiquem quem está convosco sem autorização!

Grupos

Antes de adicionarem alguém a um grupo, pensem várias vezes. Por exemplo, eu, que moro no Barreiro e não tenho nada a ver com Aveiras de Cima, porque terei de estar num grupo dedicado aos moradores de Aveiras de Cima? (é um exemplo!). Ou eu, que não tenho uma escola de hipismo (apesar de que a minha filha ia adorar que a tivesse), porque terei de ser adicionada a um grupo exclusivamente dedicado a escolas de hipismo? e ainda por cima duma terra longe como tudo do sitio onde moro? Vejam se o grupo é interessante para a pessoa que adicionaram ou se a pessoa adicionada tem vontade de ser adicionada.

Jogos

Nem todos gostam de jogar e muitos não jogam o mesmo jogo que nós. Antes de enviarem algum convite para jogar, vejam se o outro joga ou não. Não há nada mais irritante do que as notificações constantemente a chegar de jogos aos quais não ligamos.

Informações pessoais

Se tem novo número de telemóvel e o querem dar aos vossos amigos, o mural do facebook não é a melhor forma de o fazer. Assim como não é o melhor sitio para darem conta - ao mundo - que se sentem traídos pelo vosso marido. E cuidado com o que colocam nos murais (vossos e dos vossos amigos. Aqui há uns meses houve um caso duma moça que resolveu comentar com a amiga que o jovem com quem ela tinha passado a noite era bem melhor na cama que o namorado. E fê-lo no mural da amiga para toda a gente que as conhecia ver. E, nessa toda a gente, o namorado (que passou a ex) estava incluído. 

Percebam que os problemas pessoais ou familiares se resolvem em casa ou em família. O facebook não é a vossa casa. Se os problemas existem, vão ficar bem maiores se os expuserem para milhares de pessoas.

O Jornal I publicou as seguintes dicas que também são uteis

Quase todos nós temos uma conta na rede social Facebook onde partilhamos algumas informações mais pessoais. Mas será que todos sabemos como a manter segura?

Para evitar que as contas estejam vulneráveis às diversas ameaças, o Facebook deu conselhos de segurança aos seus utilizadores. 

O primeiro passo é escolher uma palavra-passe única e forte. "Utilize combinações de pelo menos seis letras, números e sinais de pontuação e não utilize esta palavra-passe para qualquer outra conta que tenha", aconselha. 

Pense antes de clicar. Pensa? "Nunca clique em links suspeitos, mesmo se estes vierem de um amigo ou de uma empresa que conheça, incluindo links enviados no Facebook (ex: através de chat ou de uma história) ou em e-mails", recorda, acrescentando que "se um dos seus amigos clicar num link de spam, poderão identificá-lo ou enviar-lhe acidentalmente mensagens de spam. Se vir algo suspeito no Facebook, reporte-o. Não deve também realizar donwloads (ex: um arquivo .exe) se se não tiver a certeza do que são."

Fique atento a Páginas falsas e aplicações/jogos. Suspeite de Páginas que oferecem algo que é demasiado bom para ser verdade. "Esteja também atento quando instalar novos jogos e aplicações. Às vezes, os burlões usam aplicações e jogos maliciosos para aceder à sua conta de Facebook". 

Apostamos que esta nem sempre segue: Não aceite pedidos de amizade de pessoas que não conhece. "Por vezes, os burlões criam contas falsas para criar amizade com pessoas. Tornar-se amigo de burlões permite-lhes ter acesso ao spam na sua timeline, identificá-lo em publicações e enviar-lhe mensagens maliciosas. Os seus verdadeiros amigos também podem acabar por ser um alvo", afirma o Facebook.

Nunca forneça as suas informações de acesso, por exemplo email e palavra-passe. Às vezes as pessoas ou páginas "vão prometer-lhe algo se partilhar os seus dados de acesso com eles. Estes tipos de promoções são partilhadas por cibercriminosos".

Tenha cuidado e confirme que se está a ligar em www.facebook.com. "Às vezes os burlões irão configurar uma página falsa para se parecer com uma página de login do Facebook, na esperança de que introduza o seu endereço de e-mail e palavra-passe".

Actualize o seu motor de pesquisa. As novas versões de motores de busca de internet têm protecção de segurança. 

Execute um software anti-virus. Para se proteger de vírus e malware analise o seu computador. 

******

Parecem-me coisinhas simples de seguir e de puro bom senso, certo? 

Então porque é que há tanta gente que não as segue?

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D