Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

StoneArt Portugal

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Eu e os meus livros. Sejam bem vindos a esta minha casa.

StoneArt Portugal

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Eu e os meus livros. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Menos segurança ou melhores policias?

Ontem (ou quase hoje) a noite/madrugada terminou comigo nas redes sociais a tentar acompanhar o que se estava a passar aqui mesmo ao pé de casa.

Os factos: um grupo de sete manfios decidiu tentar assaltar o hipermercado Continente à hora de fecho, quando a carrinha de recolha de dinheiro estava a chegar. A PSP reagiu rapidamente, o dinheiro ficou. Balanço final: um morto e um ferido grave pelo lado dos assaltantes (cinco ainda estão fugidos) e dois feridos ligeiros pela parte da PSP.

Só para enquadrar, era quase meia noite e, mesmo sendo noite de sábado - altura em que há mais ambulâncias a passar - ouvimos sirenes a mais e percebemos que haveria algo de anormal a passar-se. Fui ao facebook, aos sites de noticias e nada. Até que as informações começaram a chegar. Claro que, sendo um diz que disse, as informações eram escassas e contraditórias. Falou-se em violação, em agressão, em assalto frustrado, reféns no hipermercado... Sabia-se que a PSP estava quase toda (ao que parece até os que estavam de folga foram ajudar) e que havia problemas sérios.

Por fim a CMTV (senhores, como é que eles conseguem ser os primeiros a chegar? terão pseudojornalistas em todas as localidades do país?) lá começou a falar no assunto. E passado pouco tempo era a TVI24 (muito mais credível - apesar de não ser difícil) e com informações mais correctas. Pelo meio a minha preocupação eram os meus amigos da PSP que estariam no teatro de operações (estão bem, todos eles).

Agora pela manhã começam os comentadores profissionais com os seus ataques donde se destaca que o Barreiro deixou de ser seguro.

Não posso concordar. Desculpem-me os arautos da desgraça mas não consigo concordar. Até pode ser que haja mais mais assaltos - ou pelo menos são assaltos mais espalhafatosos - mas, por outro lado, a PSP agiu com uma rapidez extraordinária e evitou não só o assalto mas que houvesse outros problemas associados. A PSP provou - aos cépticos - que sabe agir e como proceder numa situação grave como esta. 

E é isso que destaco da noite de ontem. A acção da PSP foi exemplar. Só espero que, caso o disparo fatal tenha sido feito pela PSP que a nossa justiça funcione (ao contrário do que tem acontecido noutros casos bem conhecidos). E que o ferido grave não decida processar a nossa PSP quando estes estavam no exercício das suas funções, em defesa dos cidadãos.

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D