Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Natal

cartão-de-natal-34357128.jpg

Hoje comprei o primeiro bolo rei. Ainda é cedo, eu sei, estamos em Outubro. Mas eu adoro o Natal! E adoro os doces de Natal, as compras das prendas, o jantar e o almoço demorado, enquanto a família está toda a mesa a conversar e a brincar.

Gosto que o Pai Natal lá apareça para dar as prendas aos mais novos - mesmo quando eles já não acreditam nele.

Gosto de ver os papeis no chão, uns a dizer que a quantidade de prendas é um exagero, outros a achar que são poucas.

Gosto ainda mais de ver a alegria dos miúdos quando abrem as prendas - mesmo que sejam o que eles pediram. E gosto muito, mas mesmo muito, de lhes dar a prenda que mais queriam no fim (ou mesmo dizer-lhes que me enganei e comprei o que não queriam). 

São momentos imperdíveis, repetíveis apenas no Natal do ano seguinte, a cada ano com as crianças mais crescidas, e com a ausência de adultos que nos vão fazer sempre falta.

Gosto de esperar e desejar que todas as famílias possam ter um Natal assim - todos juntos.

E gosto de cantar. Sim, eu canto no Natal - apesar de ter uma boa voz para escrever à máquina.

E por tudo isto e porque estamos quase lá - Bom Natal a todos :)

9 comentários

Comentar