Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

No blog com... Ana

de repente.png

A Ana está, de repente já nos 40!!! mas também está hoje no Blog com...

 

Olá, eu sou a Ana, ontem dei um pouco de conversa à Magda ou ela a mim, já nem sei bem porque com este belo e surpreendente convite, que muito agradeço, até fiquei baralhada.
Então quem sou eu? Para começar não gosto lá muito de falar de mim e quando me começam a fazer muitas perguntas já percebi que consigo dar a volta à conversa e ponho os outros a desbobinar e sem ninguém dar por nada consigo ficar calada.
Sou tímida, muito caladinha, mas assim que tenho confiança com alguém viro completamente desbocada. Acho que o meu papel aqui na terra é fazer rir os outros. No meu facebook vou pondo frases com as quais me identifico como "Ri melhor quem ri apesar de tudo" ou "não leves a vida tão a sério porque ninguém sai vivo de qualquer maneira".
Acho que tudo aparentemente "menos bom" por que passei na vida foram etapas necessárias para me fazer crescer e ver a vida com outros olhos.
Acabo por ser uma dualista como o fado "Desfado" Sou uma otimista nata mas neste momento perdi a capacidade de sonhar, tenho uma excelente autoestima mas por outro lado sempre tive pouca confiança em mim.
Neste momento estou desempregada, a trabalhar para conseguir desenvolver um projeto próprio e acho que o passo que me falta dar é conseguir voltar de novo a sonhar.
Ainda conservo no B.I. aquele estado civil que uma vez mudado já ninguém volta. Cá em casa somos 5, eu a caminho dos 42, dois gatos a caminho dos 15 e duas tartarugas a caminho dos 5.
Sou tia de 4. Tenho daquelas famílias onde todos gostam de todos, sou do tempo em que tínhamos poucas aulas, poucos trabalhos e passávamos a tarde a brincar na rua.
Por isso o meu blog, é o blog de uma quarentona, desempregada, sem marido, sem filhos ainda à espera que tudo aconteça na vida (ou não). Até lá vou dançando...

1. Deixada pela Ana RitaSe pudesses voltar o tempo atrás, qual a situação da tua vida que gostarias de alterar?

Confesso que não tinha tido um pseudo-relacionamento que tive para tentar esquecer outro que tinha sido mesmo a sério.
 
2. Qual o balanço que fazes do teu blog?
É bom estar aqui. Acho que o blog reflete a pessoa que eu sou. E já conheci pessoas muito interessantes através dos seus blogs.

3. Se tivesses de escolher uma música que te defina... qual seria?
Como tinha dito na minha introdução sem dúvida o "Desfado" da Ana Moura mas também o "Velha e Louca" da Mallu Magalhães. Já lhes dediquei entradas no meu blog.
 
4. Qual é, para ti, O livro?
Acho que ainda não O li. Ou então é impossível de escolher entre centenas e centenas de livros que já li e dezenas que amei.

5. Sem saberes quem é a próxima convidada, o que gostarias de lhe perguntar.
O que te dá felicidade na vida?

6. O que gostarias de me perguntar.
Como fiquei curiosa com a pergunta e sei que também és uma ávida leitora como eu devolvo-te a pergunta: E tu? Já descobriste O livro?
 
Engraçado, começa hoje às 15h a publicação do desafio uma paixão chamada livros com o tema top 5 dos livros. Vão lá estar os cinco livros que mais amei até hoje (com alguma batota, vá, porque três dos casos são sagas, mas não digas nada a ninguém, pode ser que não se apercebam). Mas além desses cinco há mais um que adorei - A Biblioteca das Sombras e que me disse muito, mas mesmo muito.

6 comentários

Comentar