Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Uma paixão chamada livros #12

4117_1881.jpg

Falar sobre livros durante 45 dias. Foi a este desafio que eu e a M* nos propusemos. São 45 posts que nos levam a partilhar gostos e experiências sobre o mundo dos livros e, ao mesmo tempo, a pensar e a reflectir sobre os livros que já lemos. Podem encontrar aqui as minhas respostas e aqui as respostas da M*.

E ao décimo segundo dia, falamos da

Colecção (saga) favorita

Não posso, em consciência, falar de apenas uma colecção/saga favorita. Posso sim falar de várias. Por isso acompanhem-me pela minha colecção de sagas favorita.

 

As Brumas de Avalon, Marion Zimmer Bradley (4 volumes)

sc3a9rie-brumas-de-avalon.jpg

Quem acompanha este desafio sabe que estes fazem parte dos meus livros favoritos e, em simultâneo, são os livros que li mais vezes. Escuso-me, por isso, a falar mais sobre eles, recomendando apenas que, logo que tenham oportunidade, os leiam.

 

O Século, Ken Follett (3 volumes)

DSC01584.jpg

Livro favorito de 2014 e livro favorito de sempre. A história do século XX contada através da história de três gerações de cinco famílias de cinco nacionalidades diferentes - as personagens criadas por Ken Follett - que interagem com várias personagens reais, tanto em situações reais como em situações imaginárias, sempre com respeito pelo rigor histórico.

 

O Senhor dos Anéis, J. R. R. Tolkien (3 volumes)

o_senhor_dos_aneis.jpg

Dizem que os leitores da literatura do fantástico estão reunidos em dois grandes grupos - os que já leram estes livros e os que os irão ler. São, sem dúvida, de leitura obrigatória para todos os que gostam do fantástico. Tolkien criou não só criou um mundo, com países, sociedades e linguagens diferentes, como lhes criou a sua própria história, geografia, usos e costumes.

 

Divergente, Convergente, Insurgente, Verónica Roth (3 volumes)

okokokok.png

Desconhecia os livros até que a minha filha me convidou para irmos as duas ao cinema ver o Divergente. No final do filme saímos da sala quase que a correr e fomos à livraria comprar os três livros. Chegamos a casa e tivemos de sortear qual das duas começava a le-los. Em menos de duas semanas já tínhamos lido os três livros. Há quem ache que o terceiro livro acaba mal mas, depois de pensar bastante sobre o assunto, o final até é previsível. Não é por serem Livros Juvenis que não tem lugar aqui.

 

Millennium de Stieg Larsson

17436337_cCCDm.jpeg

Estes Livros não deviam ser filmes. Comprei os três livros na Feira do Livro de Sesimbra porque achei os títulos – Os Homens que Odeiam as Mulheres, A Rapariga que Sonhava com uma Lata de Gasolina e um Fósforo e A Rainha no Palácio das Correntes de Ar – bastante originais e resolvi arriscar. Note-se que só tinha ouvido falar no primeiro e por causa do filme. Em meia dúzia de dias li os três livros. Apesar de agora saber o final vou voltar a ler esta trilogia porque vale mesmo a pena.

 

O asteca, Gary Jennings

Orgulho-ASTECA-de-Gary-Jennings-Novos_405872439_0.

O Asteca foi dividido, em Portugal, em dois volumes - Orgulho Asteca e Sangue Asteca. O princípio e o fim de uma colossal civilização, os Astecas. Um dos meus livros favoritos de sempre e um escritor de quem gostava de ler mais coisas mas que, infelizmente, não tem mais nada editado em Portugal.

15 comentários

Comentar