Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Uma paixão chamada livros #6

4117_1881.jpg

Desde o dia 1 de Maio, e por 45 dias, fala-se de livros neste blog e no blog da M*. São 45 posts que nos levam a partilhar gostos e experiências sobre o mundo dos livros e, ao mesmo tempo, a pensar e a reflectir sobre os livros que já lemos. Podem encontrar aqui as minhas respostas e aqui as respostas da M*.

Sexto dia do desafio, vamos, por isso, conhecer o

Livro que li mais vezes

O pior, ou talvez o melhor, é que o livro que li mais vezes, não é um livro, é uma colecção chamada As Brumas de Avalon de Marion Zimmer Bradley.

sc3a9rie-brumas-de-avalon.jpg

Diz a sinopse que As Brumas de Avalon é um dos mais fantásticos épicos medievais alguma vez escrito, no qual Marion Zimmer Bradley recria as lendas arturianas, desta vez narrado através do olhar das mulheres que, por detrás do trono, governaram os próprios actos masculinos e foram as verdadeiras detentoras do poder.

Num universo paralelo à Grã-Bretanha celta, a enigmática ilha de Avalon é a guardiã dos grandes mistérios eternos e sagrados. E os que estão destinados a viver nos dois mundos são, passo a passo, confrontados com as antigas tradições ligadas à Natureza, e às suas forças obscuras, e à nova fé cristã que procura espalhar-se no território.

Esta lenda sempre me fascinou, é um facto, e aliada a Avalon e a todo o misticismo à volta das mulheres, torna esta colecção deveras interessante e de leitura apaixonada. talvez por isso é também um dos meus livros favoritos desde sempre.

8 comentários

Comentar