Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stone Art

Coisas soltas da vida que povoam o meu quotidiano. Sem amarguras nem fatalismos, com aceitação, simplicidade, ironia e alegria. Sejam bem vindos a esta minha casa.

Nos teus lábios...

Foto de Martin Cowell

Nos teus lábios percorro
Labirintos de prazer surdo...

São mar-imensidão
São tormentas por acontecer...

Nos teus lábios sou rei-momo
Sou semente abrupta por colher
Sou frágua liberta nas arribas
Sou onda a bater...

Nos teus lábios sorvo
Alfazema que emana de ti

Os teus lábios...
São nuvens de algodão doce
São morangos com chantili...

Nos teus lábios sou rei-momo
Sou semente abrupta por colher
Sou frágua liberta nas arribas
Sou tudo o que acontecer!...

(Octávio da Cunha)

1 comentário

Comentar