Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Estamos a menos duma semana do Natal e falta-nos aprender mais alguma coisa sobre esse símbolo do Natal que é o Pai Natal. Assim sendo e com a prestimosa colaboração da anacb, aqui fica a resposta à pergunta: De onde é que surgiu esta figura e como é que conseguiu impor-se no imaginário colectivo da época natalícia?

Aqui estão algumas curiosidades engraçadas sobre a personagem.

O Pai Natal, a versão portuguesa do internacional “Santa Claus” (São Nicolau), usa um avantajado fato vermelho, leva montes de presentes às crianças em todo o mundo, e gosta de beber o seu copo de leite frio acompanhado de bolachinhas. Gordinho, vermelhusco e bonacheirão, conduz um trenó com várias renas e grita “Ho! Ho! Ho!” para se fazer anunciar. É figura conhecida em todo o lado e as crianças adoram-no.

I – São Nicolau foi bispo de Myra, na Anatólia (que hoje em dia faz parte da Turquia), por volta do ano 270 d.C., e tinha a reputação de distribuir, em segredo, ofertas pelos mais necessitados.

1.jpg 

II – O Pai Natal tem vários nomes diferentes, consoante os países, incluindo: Saint Nicholas (São Nicolau), St Nick, Papai Noel, Kris Kringle, Père Noël, La Befana, SinterKlaas, Babbo Natale, Viejito Pascuero, Djed Mraz, Pai Nadal ou Joulupukki. 

 3.png

III – A cor original do fato do Pai Natal era o verde. O vermelho surgiu mais tarde em pinturas e depois também no famoso anúncio da Coca-Cola, e foi a partir daí que se impôs como cor natalícia por excelência.

2.jpg

IV – E a propósito: a Coca-Cola tem a fama de ter sido a primeira empresa a usar uma imagem do Pai Natal para fins promocionais e publicitários, em 1931. O autor do desenho foi Haddon Sundblom.

4.jpg

 

Mas a verdade é que em 1915 e depois em 1923, a White Rock Beverages já tinha usado a personagem para publicitar água mineral e ginger ale.

V – O Pai Natal foi um solteirão até cerca de 1849, quando a sua mulher (a Mãe Natal, ou Mrs Claus) foi mencionada num conto de James Rees, “Uma Lenda Natalícia” (“A Christmas Legend”). 

6.jpg

VI – Graças aos fusos horários, o Pai Natal dispõe ao todo de 31 horas para entregar as suas prendas às crianças em todo o mundo. Mesmo assim, precisa de percorrer aproximadamente 510.000.000 km para cumprir a sua tarefa, pelo que tem de viajar a mais de 15.000 km por hora, ou seja, cerca de 4500 km por segundo. É obra!

62214-large-125557.jpg

VII – São nove as renas do Pai Natal, e dão pelos nomes de Rodolfo, Corredora, Dançarina, Empinadora, Raposa, Cometa, Cupido, Trovão e Relâmpago (em inglês, pela mesma ordem, Rudolph, Dasher, Dancer, Prancer, Vixen, Comet, Cupid, Donner e Blitzen). Os seus nomes têm origem num poema de 1823, “A Visit from St. Nicholas”, mas neste poema só são referidas oito renas. Rodolfo, a mais famosa de todas – pelo seu nariz brilhante – foi a última a ser recrutada: só se juntou à equipa em 1939, por via da popularidade da canção “Rudolph, the Red-Nosed Reindeer”.

62214-large-125560.jpg

VIII – No Canadá, o Pai Natal tem o seu próprio código postal: HOH OHO. 

62214-large-125559.jpg

IX – A tradição da presença do Pai Natal nas grandes lojas e centros comerciais tem apenas 124 anos. Em 1890, o comerciante James Edgar decidiu vestir-se de Pai Natal, como estratégia de marketing para os armazéns de venda ao público de que era dono em Massachusetts. E a moda pegou!

62214-large-125564.jpg

X – No dia 24 de Dezembro de 1955, uma loja da cadeia de armazéns Sears publicou um anúncio num jornal de Colorado Springs, onde se dizia que as crianças poderiam telefonar para o Pai Natal e se incluía um número de telefone. Contudo, este número de telefone foi impresso com um erro, e as chamadas acabaram por ir parar ao Centro de Comando da Defesa Aérea Continental de Colorado Springs. O Coronel Harry Shoup encontrava-se de serviço e instruiu o seu pessoal para fornecerem a todas as crianças que telefonassem nessa noite a suposta localização aérea, em tempo real, do Pai Natal. Teve assim início uma tradição que se perpetua até aos dias de hoje, e actualmente o NORAD (North American Aerospace Defense Command) instalou um “Santa Tracker” (Rastreador do Pai Natal, em tradução livre), que fornece em sete idiomas a localização actual do Pai Natal e quais as suas próximas paragens. Além disso, o NORAD continua a atender as chamadas e emails que recebem das crianças nessa noite, para o que conta com voluntários, tanto civis como militares. Cada voluntário atende cerca de 40 telefonemas por hora, e habitualmente a equipa trata ao todo de mais de 12.000 emails e muitos milhares de telefonemas, vindos de mais de duas centenas de países e territórios. No Natal do ano passado, o site teve mais de 19 milhões de acessos na véspera de Natal, e os seus 1200 voluntários atenderam 117.371 chamadas. Nas redes sociais tiveram 146,307 seguidores no Twitter e 1,45 milhões de “gostos” no Facebook. É caso para dizer que o Pai Natal é uma verdadeira estrela!

62214-large-125565.jpg

 (Traduzido e adaptado do artigo disponibilizado em http://www.ilyke.net/facts-you-might-not-know-about-santa-claus/62214#AjqRgX9eKuSZhvWi.99, e de vários artigos da Wikipedia.)

(podem consultar, aqui mesmo ao lado, os tópicos já publicados nesta rubrica)

Quem participa na rubrica:

Segunda-feira - Nia

Terça-feira - Ana

Quarta-feira - Bomboca de Morango

Quinta-feira - Sofia Margarida

Sexta-feira - Eu

Esta rubrica não está restringida a nós. Todos podem participar. Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.