Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


As melhores ilhas para as férias

por Magda L Pais, em 17.08.15

Com o alto patrocínio da revista Volta Ao Mundo, aqui ficam as melhores sete ilhas para passar férias.

 

Fiji, Melanésia

O arquipélago é composto por 322 ilhas, mas um terço delas não tem população humana. Viti Levu e Vanua Levu são as ilhas principais, sendo que na primeira está a capital, Suva. Montanhas, florestas, praias e bom tempo são as ofertas deste estado da Oceânia, vizinho de Tuvalu, Tonga ou Nova Caledónia. Os europeus só aqui chegaram em 1804 e o país tornou-se independente do Reino Unido em 1970.

 

Ilhas Faroé, Dinamarca 

O arquipélago a meio caminho entre a Escócia e a Islândia é composto por 18 ilhas, tem cinquenta mil habitantes e depende da administração da Dinamarca, apesar de ter moeda, língua e governo próprio. Já foi escolhido pela National Geographic como o destino turístico mais sustentável do mundo (os Açores ficaram em segundo), tem cerca de 320 dias de chuva por ano e uma história cheia de vikings e façanhas no mar. O primeiro-ministro Kaj Leo Johannesen foi guarda-redes da seleção das ilhas Faroé e é um apaixonado por Portugal.

 

São Jorge, Açores, Portugal 

É a ilha das escarpas, das paisagens que parecem irreais, do belo queijo e da melhor vista para o Pico. Fica no grupo central do arquipélago dos Açores e tem como localidades principais Calheta e Velas. Se é um apaixonado pela natureza, não perca as fajãs do Ouvidor, da Caldeira de Santo Cristo (bom spot para o surf), dos Vimes ou de São João.

 

Frízia, Holanda, Alemanha e Dinamarca 

O arquipélago estende-se pelo território marítimo de três países, mas tem uma identidade própria, com caraterísticas únicas quanto a idioma e etnicidade. Também é conhecido por ilhas Wadden. É rico em gás e petróleo, o que nem sempre é compatível com as boas práticas ambientais. Consta que é um dos locais do mundo ao qual chegam mais mensagens em garrafas lançadas ao mar.

 

Boavista, Cabo Verde 

Praia, sol, música, mergulho, gastronomia, simpatia. Tudo está no cardápio de Cabo Verde e na ilha da Boavista, a pouco mais de 450 quilómetros de distância da costa africana. É a terceira maior ilha do país e uma das mais procuradas pelo mercado do turismo. Sal Rei é a principal localidade deste território com cerca de 30 quilómetros de uma ponta à outra. Oferta hoteleira não falta e de qualidade.

 

St. John, Ilhas Virgens Americanas 

Cerca de sessenta por cento da ilha é reserva protegida do Parque Nacional das Ilhas Virgens. O único acesso é por mar, não dispõe de aeroporto, e está a seis quilómetros da ilha-capital: St. Thomas, onde encontramos a cidade de Charlotte Amalie. As suas praias são famosas em todo o mundo, com destaque para Trunk Bay. Leve o equipamento de mergulho, não irá arrepender-se.

 

Ilhéu das Rolas, São Tomé e Príncipe 

Fica no golfo da Guiné, ao largo da ilha de São Tomé, exatamente na linha do equador. O turismo é a principal atividade (aqui encontra-se o hotel Pestana Equador) e a beleza natural das suas praias não deixa dúvidas. Para lá chegar é necessário viajar cerca de sessenta quilómetros desde a capital do arquipélago e apanhar um barco na Ponta Baleia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

Rute Justino a 17.08.2015

Hum tão bem que eu ia para uma ilha dessas ☺

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.