Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Cadeiras de hospital

por Magda L Pais, em 12.12.14

Hoje cheguei a um hospital por volta das 9h30 e sai de lá eram 15h. Fui acompanhar o meu maridão que foi, finalmente, fazer o exame que faltava (e que não pode fazer da outra vez como contei aqui).

Foram cinco horas e meia de espera, entre chegarmos, o rapaz ser chamado (exame marcado para as 10h, foi chamado às 11h40...) e virmos embora. Cinco horas e meia sentada em cadeiras de plástico, desconfortáveis. Muito desconfortáveis... ao ponto de sentir o meu rabiosque ficar com o formato da cadeira!!!

E alternativas? bom, havia duas alternativas - as cadeiras de madeira (tão ou mais desconfortáveis que as de plástico) ou ir para o café em frente ao Hospital.

Eu até fui ao café. Fazer isso mesmo, beber um café. E ler, claro. Demorei 40 minutos no café. Entre não ter paciência nem feitio para estar horas a fio num café sem consumir e o não saber quanto tempo demorava o exame ou quando é que ele saia, acabei por voltar para a sala do hospital.

Havia quem dormisse na sala (e ressonasse. Muito!) Eu lia (felizmente levei dois livros - acabei um e estou a meio do outro). Naveguei na internet. E esperei. E fiquei com dores nas costas de tão desconfortável que estava.

Não digo que fosse preciso por sofás nas salas de espera dos hospitais (principalmente para os acompanhantes de doentes que vão fazer exames demorados), mas será assim tão difícil ou tão mais caro encontrar modelos de cadeiras mais ergonómicos e mais confortáveis? Será que estou a pedir demais? é que assim, o que me parece que acaba por acontecer é que os acompanhantes tornam-se doentes.

Autoria e outros dados (tags, etc)


24 comentários

Imagem de perfil

De B♥ a 12.12.2014 às 17:54

Espero que esteja tudo bem :)
Ao menos estavas bem acompanhada, com dois livrinhos!
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 12.12.2014 às 18:44

Agora que o exame está feito e está detectado o problema, vai ficar tudo bem :D

Sim, quando vou a hospitais vou logo prevenida com os meus livros :D
Imagem de perfil

De Maria das Palavras a 12.12.2014 às 19:08

Não tenho a certeza se o problema está nas cadeiras...ou nas horas de espera!
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 12.12.2014 às 19:35

Acho que é um mix...
Sem imagem de perfil

De Cris a 12.12.2014 às 19:37

Sabes que estás a pedir demais, não sabes?
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 12.12.2014 às 19:38

é... cadeiras confortáveis, máquinas que permitam fazer exames a pessoas com excesso de peso. sou muito exigente mesmo Image
Imagem de perfil

De Just_Smile a 12.12.2014 às 21:52

Ai como te compreendo... a última vez que estive nas cadeiras horríveis de um hospital foi no dia de natal entre as 16h da tarde e as 2h da manhã a acompanhar o namorado. Para além das cadeiras horríveis na ala da urgência não tinha internet nem rede para mandar sms, não tinha um livro comigo e a minha ceia de natal foi uma sandes da máquina... nunca mais me esquecerei desse encontro romântico :P
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 14.12.2014 às 10:09

desculpa mas tive de me rir ehehehehhehe que raio de dia de Natal, hein?
Imagem de perfil

De Just_Smile a 14.12.2014 às 20:49

É para rir mesmo, contado ninguém acredita :P E ainda por cima foi o primeiro natal como casal :P Nunca me irei esquecer, isso é garantido. Já lhe pedi para este ano não repetir a proeza :P
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 15.12.2014 às 13:28

tu proibe o rapaz de o fazer :p 
Imagem de perfil

De Just_Smile a 15.12.2014 às 13:36

Está proibido :p
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 15.12.2014 às 13:36

Image assim é que é!
Imagem de perfil

De M* a 12.12.2014 às 21:54

Pois, entendo-te... felizmente que raramente lá vou. 


Pior é ir ao hospital enquanto acompanhante e tornar-se doente: uma tia minha, que até é bastante magra, estava sentada numa dessas cadeiras de plástico enquanto aguardava a saída da minha avó e, quando dá por si, vê-se estatelada de costas e no chão... a cadeira partiu-se e ela bateu com as costas na barra. Pronto, ficou a minha avó e a minha tia no hospital. Felizmente, não foi nada de grave, mas não ganhou para o susto.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 14.12.2014 às 10:11


cruzes. Agora fizeste-me lembrar o caso da minha mãe e da minha tia. A minha mãe estava internada no hospital e a minha tia, no dia em que a foi ver, escorregou na enfermaria e partiu um braço. Coitada... ainda hoje brincamos com elas a dizer que nem no hospital se conseguem separar :D
Imagem de perfil

De Sara a 13.12.2014 às 01:01

Há uns hospitais que têm sofás, mas o povo não pode ir muito a esses...

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 14.12.2014 às 10:12

Eu uso muito um desses hospitais e acredita - os sofás só estão em alguns dos serviços e são desconfortáveis. Menos que as cadeiras de plástico, é verdade.
Imagem de perfil

De Vasco a 14.12.2014 às 18:58

O tempo, o tempo, o tempo...
A constante falta de respeito pelas horas marcadas... Há algumas semanas atrás, ainda o meu pai era vivo, e tal acontecia também na quimioterapia e consultas de hematologia. Situações que merecem um grito de revolta.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 15.12.2014 às 13:26

Neste caso eu sabia que o exame era complicado - um cataterismo - e que, por isso, podia demorar umas horitas. Claro que começou quase duas horas depois da hora marcada e logo isso é péssimo. Depois foram mais três horas e meia. E para saber alguma coisa do marido foi preciso ir perguntar porque ninguem diz nada aos acompanhantes. 

lamento pelo teu pai
Imagem de perfil

De Vanessa a 14.12.2014 às 19:42

A minha sorte é que os hospitais a que tenho ido ultimamente com o meu pai são daqueles que têm cadeiras de plástico, mas das mais confortáveis, porque se não fossem, acho que tinha passado muitas horas sentada no carro ou a passear pelo hospital.
Ninguém merece estar horas e horas nessas condições. E o pior é que quem as meteu lá, nunca se sentou nelas Image
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 15.12.2014 às 13:27

exactamente. há cadeiras confortáveis de plástico (se bem que, ao fim de cinco horas e meia, acho que nem um sofá é confortável).


O teu pai está melhor?
Imagem de perfil

De Vanessa a 15.12.2014 às 18:42

Concordo, passado algum tempo não há lugar nenhum que saiba bem.


Neste momento está bem, mas ainda a melhorar. Estamos à espera de uma nova operação... veremos como corre depois. Tem de ser uma fase dura de cada vez :)
Imagem de perfil

De BataeBatom a 15.12.2014 às 12:31

Tal como mencionaste no post "Barcos&Nevoeiro", as cadeiras de plástico são mais laváveis. Mas acredito que existam cadeiras de plástico mais confortáveis e igualmente fáceis de limpar!
Ainda há pouco tempo tive que passar algumas horas numa cadeira das urgências, como doente, e não é uma experiência agradável, não... xD
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 15.12.2014 às 13:34

sim, há cadeiras, de certeza, bastante mais confortáveis. Aquelas eram do pior. Ainda para mais num sitio onde sabem que os acompanhantes tem de esperar bastante tempo porque o exame é demorado (um cataterismo). Não se entende, de facto. 
Imagem de perfil

De Mar Português a 16.12.2014 às 00:49

São horríveis, de facto. Também já saí do hospital com muita dorzinha nas costelas à custa das cadeiras.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.