Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Coisas parvas #1

por Magda L Pais, em 12.02.15

Untitled.png

Em Lisboa, quando chego á conservatória do registo predial para pedir a certidão predial não certificada por email, sou atendida por uma pessoa, dou os dados do prédio/fracção e o email. A pessoa manda-me o mail com o documento pedido e o recibo e eu pago no momento – 50 cêntimos por folha. Isto, quanto a mim, é funcionar bem e sem complicar.

Noutra localidade – que não vou identificar – o mesmo pedido tem de ser feito da seguinte maneira:

  • Enviar um email à conservatória a informar o que se pretende e a identificar o prédio/fracção.
  • Esperar que a conservatória nos envie um email com o valor a pagar e o NIB/IBAN para onde se deve transferir a verba (recordo que são 50 cêntimos por folha e que, nalguns bancos, se paga uma comissão pela transferência)
  • Fazer a transferência (que pode ser só de 50 cêntimos) para o NIB/IBAN indicado
  • Enviar um email à conservatória com o comprovativo da transferência
  • Aguardar que a conservatória confirme o crédito e que nos envie o documento que pretendemos.

Sou só eu que acho isto parvo, complicado e funcionar mal?

Autoria e outros dados (tags, etc)


23 comentários

Sem imagem de perfil

Cris a 13.02.2015

É a chamada parvocracia!!! Os anos passam e continuamos a funcionar a máquina a vapor no que toca ao funcionamento das instituições do estado, excepção feita à autoridade tributária na parte da cobrança... (interessa-lhes, não é?)
Imagem de perfil

Magda L Pais a 13.02.2015

mas repara - a instituição é a mesma, o país é o mesmo, o procedimento é que é diferente
Sem imagem de perfil

Cris a 13.02.2015

Ah, sim, eu estava a referir-me no geral e esqueci-me de referir essa aberração maior de ser a mesma instituição com formas de actuar diferentes. Sorry.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 13.02.2015

ora essa, não tens de pedir desculpa. Se não tivesse sido comigo eu iria, seguramente, pensar que me tinha enganado a ler... aliás, eu tive de perguntar várias vezes se tinham a certeza que era aquele o procedimento...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.