Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Desafio dos Pássaros #2.1

Acho que a coisa não vai correr bem

por Magda L Pais, em 31.01.20

Acho que já todos ouvimos as notícias sobre o coronavírus

(e não, não tem nada a ver com a cerveja Corona apesar de ter dado imenso jeito para os memes que circulam por essa internet fora)

E sobre as formas de contágio, de quarentena, de cuidados. Além, claro, das teorias da conspiração e dos malandros das farmacêuticas que querem é ganhar dinheiro.

Pelo meio e enquanto a esmagadora maioria dos políticos por esse mundo fora são da opinião que quarentena é quarentena e por isso há que manter o isolamento de quem teve ou pode ter tido contacto com potenciais doentes, cá, neste jardim à beira mar plantado, há quem defenda que sim, vamos lá buscar os portugueses, e deixemos que vão para as suas casas na paz do senhor e depois, se ficarem doentes, com certeza que eles ligam para a saúde 24.

Correndo o risco de ser fuzilada por todos vós e de me rogarem todas as pragas do Egipto e da Austrália, não concordo mesmo nada com esta decisão que tem tudo para não correr bem.

Ora vamos lá a ver. O período de encubação do coronavírus são 14 dias, durante os quais o paciente não tem sintomas mas pode contagiar outros. Para contas simples, vamos imaginar que são 10 portugueses que regressam doentes. Ora se cada um deles contagiar 10 outras pessoas e essas 10 contagiarem outras 10… estão a ver em quão pouco tempo o vírus se espalha sem controlo? E estamos a partir do pressuposto que, assim que ficarem doentes, ficam em isolamento e que só chegam 10 doentes. E se forem mais? E se contagiarem mais?

Um dos portugueses que decidiu ficar na China explicou que não está num cenário de guerra e por isso não vê necessidade de ser retirado. Concordo com ele e, muito provavelmente, seria a minha decisão se lá estivesse. E antes que venham com a lengalenga de que, se fosse a minha família a lá estar eu pensava de outra forma, estão a perder tempo que nestas coisas sou muito pragmática. Se a minha filha, em vez de estar em Leicester, estivesse em Wuhan, quanto muito tentaria chegar perto dela para a acompanhar caso ficasse doente. Não iria correr o risco de contaminar o resto da família (e, por conseguinte, ajudar a espalhar o vírus pelo mundo).

Enfim… só vos digo que, sem cuidados extremos, acho que a coisa não vai correr bem...

 

May we meet again

Texto de participação no desafio de escrita dos Pássaros

Conhecem o meu blog sobre livros?

 Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 comentários

Imagem de perfil

imsilva a 31.01.2020

Nem te fuzilo, nem te rogo pragas, até pelo contrário, concordo contigo. bom texto.
Imagem de perfil

Sarin a 31.01.2020

Concordo contigo. E com o Francisco George: urge alterar a Constituição e permitir o internamento obrigatório em caso de Emergência de Saúde Pública.
Os surtos transformam-se rapidamente em pandemias se não se puderem tomar medidas de controlo efectivas.


Boa retoma :)
Imagem de perfil

Ana de Deus a 31.01.2020

actual e certeiro. concordo contigo.
beijinhos e feliz entardecer 
Imagem de perfil

Charneca em flor a 31.01.2020

Ora, sim senhor. Aproveitaste o tema para falar de um problema actual. Muito bem.
Em relação ao isolamento, parece que a constituição portuguesa não o permite. No entanto há 2 espaços preparados para acolher os portugueses que virão de Wuhan se eles quiserem ficar em isolamento. Também acho que a legislação devia mudar. Não se pode contar só com o bom senso das pessoas
Imagem de perfil

a tótó a 31.01.2020

Ainda bem que há alguém da mesma opinião. Nem queria acreditar na resposta deste país para esta situação. Não temos que entrar em pânico mas devíamos precaver-nos melhor...vanos ver como corre...
Imagem de perfil

Teoria do Nada a 01.02.2020

Parabéns Magda, 
Excelente texto, atual e assertivo. 
Concordo com tudo o que foi exposto. 
Beijinhos 
Imagem de perfil

Triptofano! a 01.02.2020

Se as pessoas tiverem os cuidados normais inerentes a qualquer vírus não existe propagação descontrolada! O problema é existirem esses cuidados 
Imagem de perfil

José da Xã a 01.02.2020

Mais uma espécie de pandemia como a tal gripa das aves que foi um flop!
Boa análise.
Sem imagem de perfil

Daniela a 02.02.2020


Concordo absolutamente contigo. Espero mesmo que tenham cuidado com os portugueses que vão trazer, caso contrário, a situação poderá piorar e o vírus espalhar-se ainda mais.


Bom texto!

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.