Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Eu & os escritores

por Magda L Pais, em 14.05.15

tumblr_mgilatImu61rkaw4zo1_500.jpg

Este é um problema recorrente aos booklovers ou livrólicos anónimos (adorei este termo que encontrei, no outro dia, num outro blog).

Imaginem que, de momento, já lemos os livros todos que tínhamos em casa, queremos (ou podemos) comprar um novo livro e vamos até à livraria (seja ela on line ou num espaço físico). Com tanta oferta disponível, que livro escolhemos e de que escritor?

Será que preferimos não sair da nossa zona conforto e vamos comprar daquele autor que, à partida, sabemos que vamos gostar porque já o lemos? Ou será que arriscamos e compramos daquele escritor de que já ouvimos falar mas do qual nunca lemos nada?

Confesso que faço um mix de ambas. Há escritores que são passageiros frequentes da minha lista de compras – Ken Follett, Juliet Marillier, Marion Zimmer Bradley, Anne Bishop ou John Grisham (entre outros) – tenho vários livros de cada um deles e sei que não me desiludem. Bom, ok, um dos livros que me desiludiu foi precisamente de Ken Follett mas, em contrapartida, é também dele um dos meus livros favoritos de sempre.

Mas também compro de escritores que nunca li. E com isso já descobri algumas pérolas. É o caso de Stieg Larsson, Jodi Picoult, James Patterson, ou Gary Jennings (deste último tenho muita pena que não haja mais nada editado em português, para além de Orgulho Asteca e Sangue Asteca.). Eram autores que eu desconhecia e que, caso não tivesse arriscado comprar os livros, nunca os teria lido.

Creio – mas é a minha opinião, claro e que resulta desta experiência – que, às vezes, devemos sair da nossa zona de conforto (leia-se autores que já conhecemos) e arriscar em escritores que desconhecemos. Podemos ter uma desilusão, é verdade. Mas também podemos ter uma grande alegria. E, pensando bem, este arriscar em sair da zona de conforto, não é só verdade neste caso mas em toda a nossa vida. Viver sempre na zona de conforto não é viver, é sobreviver.

E viver é tão melhor que sobreviver!

E vocês? Qual é o vosso critério de compra dos livros?

Autoria e outros dados (tags, etc)


30 comentários

Imagem de perfil

Nathy ღ a 14.05.2015

Então sou mais de sobreviver ;) prefiro escritores que já conheço, sei que não vão desiludir me. Raras são as vezes que arrisco apenas porque sim. Até posso arriscar, mas só depois de pensar nos prós e contras. Ou então munida de opiniões de leitores que dizem maravilhas.
 Por sua causa Magda Maria, já arrisquei bastante. Valeu a pena :)
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

Vês, afinal não é só sobreviver. Estás a aprender a viver. A arriscar. E vês como tem valido a pena?
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

Vivendo, ai está o busílis da questão
Imagem de perfil

Life Inc a 14.05.2015

Comprei agora um livro que pelo resumo parecia muito bom e está-me a deixar desiludida... arrisquei e não compensou!

xoxo
cindy
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

Também já me aconteceu, apesar de eu não ir só pelo resumo. Normalmente tento perceber o que se diz no Goodreads sobre o livro. Mas mesmo assim prefiro arriscar.
Sem imagem de perfil

BomDia a 14.05.2015

eu é conforme os dias e a disposição!
normalmente se gosto de um autor leio tudo o que encontro dele. mas volta e meia compro um livro de alguém que nunca ouvi falar ou que nunca li só para ver se pega! às vezes sai bem, outras não. mas continuo assim. 
sou muito de comprar livros por impulso, se gosto da capa, se gosto do resumo, se acha o autor fofinho, etc etc
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

esse é um bom principio. é o mesmo que eu uso :D quando gosto dum autor compro tudo dele. Mas intercalo com outros
Imagem de perfil

Sandra a 14.05.2015

Eu gosto de arriscar. Na maioria tive boas surpresas :)
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

Na maior parte dos casos também tive agradáveis surpresas. Lá de vez em quando uma desilusão mas acho que faz parte
Imagem de perfil

marrocoseodestino a 14.05.2015


Durante muito tempo apenas gostava de ler romances e historia verídicas, mas depois fui alargado as escolas e agora  leio um pouco de tudo.
Por vezes é a capa que me chama à atenção, outras porque me falaram bem de determinado livros.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

Dificilmente avalio só a capa. Gosto de saber mais sobre o livro antes de o comprar. Vou perguntando aqui e ali, leio as críticas e só depois me decido
Imagem de perfil
As vezes é bom arriscar, muitas vezes acabamos por ser surpreendidos, até porque há muita gente talentosa por aí :)


http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

É o que eu acho também
Imagem de perfil

Cherry a 14.05.2015

Comigo depende muito. Houve uma fase em que decidi devorar os livros todos se John Green. Agora,  estou já de olho em livros se autores que nunca li, estou numa fase de descobrir livros diferentes.
Beijinhos,
Cherry 
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

Essa é uma boa ideia. Ir descobrindo autores diferentes mas vai lendo também daqueles que conheces.
Imagem de perfil

Just_Smile a 14.05.2015

O meu critério? O título e depois a primeira página, leio sempre a primeira página para ver se o tipo de escrita me agrada. Adoro conhecer novos escritos e é raro ler mais que um livro do mesmo autor (excepção de John Green e sagas). Acho que normalmente os livros vêm ter comigo e não eu com eles :)
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

olha, ai está uma coisa que nunca fiz. Ler a primeira página antes de comprar. Boa dica. Mesmo boa dica
Imagem de perfil

Just_Smile a 14.05.2015

Só assim consigo ver o tipo de escrita :P Algo que é importante para eu gostar do livro :)
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

Pois, se eu tivesse feito isso num ou outro livro que me desiludiu não os tinha comprado... estou, literalmente, a bater com a cabeça na parede.
Imagem de perfil

Just_Smile a 14.05.2015

Experimente o truque, pode ser que funcione :)
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

já está guardado na memória
Imagem de perfil

Ana Vale a 14.05.2015

viver, é sem dúvida, que melhor! Mas... confesso que muitas vezes me fico pela minha zona de conforto e acabo por escolher autores com os quais de identifico. 
Beijinhoo*
Imagem de perfil

Magda L Pais a 14.05.2015

Acho que também acontece. O medo de arriscar. é normal. Mas tens de sair mais vezes da zona de conforto. Há por ai tantos mas tantos autores excepcionais que não conhecemos
Imagem de perfil

Cláudia Oliveira a 15.05.2015

Gosto bastante de arriscar capas, autores e títulos novos. Adoro experimentar várias sensações. Não tenho critério, acho que é isso. :D
Imagem de perfil

Magda L Pais a 15.05.2015

eu acho que tens critério :D o de arriscar. é um bom critério, eu acho

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.