Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Fechado para descanso do pessoal

por Magda L Pais, em 16.07.15

sem nome.png

Estou de férias! Já vos disse que estou de férias e a adorar? Pois, é a mais pura das verdades. Estou de férias naquela que quase que diria que é a minha segunda terra, já que a maior parte das férias é aqui que passo

(e só não venho mais vezes, principalmente no Inverno, porque aqui, tirando a praia e a biblioteca, não há mais nada. O que é uma pena porque Sesimbra teria tanto para dar em todas as estações do ano e é tão pouco aproveitada)

Mas adiante que hoje não vos quero fazer pirraça com as minhas férias. Hoje quero falar nos problemas que a maior parte dos comerciantes de Sesimbra tem para passar o inverno.

Sesimbra, nos meses de verão, está cheia de gente. Gente que vem passar o dia, que vem passar o fim-de-semana, que passa cá a quinzena ou o mês. Gente que vai e volta e que fica. No Inverno a gente que fica é a gente da terra. Pouca gente. Gente que não vai todos os dias ao café (muitos nem uma vez por semana lá vai) e gente que raramente janta fora, come um gelado ou vai petiscar. São gente, é verdade, mas não são turistas. E, por isso, no Inverno, é vê‑los, aos cafés, às tascas, aos restaurantes e às gelatarias sem gente, às moscas, só com os empregados.

Esses mesmos cafés, tascas, restaurantes e gelatarias, no verão, estão cheios, onde se esgotam gelados e bebidas, em que é preciso voltar à padaria porque o pão acabou e onde a gente que é turista gasta os euros que trouxe para passar um dia diferente.

Seria de esperar que esses cafés, tascas, restaurantes e gelatarias que passam, literalmente, as passinhas do Algarve para sobreviver no inverno, aproveitassem, ao máximo, os meses de Verão, abrindo todos os dias, estando sempre disponíveis para atender as gentes que vêm de fora.

Só que não.

No Verão, quando chegamos a Sesimbra (e acredito que noutras terras seja igual), há cafés, restaurantes, tascas e gelatarias que fecham para descanso de pessoal a um qualquer dia de semana (e até ao sábado e domingo quando há mais gente), outros que fecham para férias (e um mês inteiro se for caso disso) e outros que, às 22h, se recusam a servir uma refeição.

Caramba! Não discuto aqui o direito ao descanso e às férias, desenganem-se. O que discuto é o facto de que, na altura do ano em que podem ganhar mais dinheiro, em que podem fazer como a formiga e amealhar para o inverno, se comportem como cigarras. Com todo o prejuízo que isso acarreta para eles próprios e para a credibilidade da vila.

Se calhar, valia a pena pensarem nisso, não?

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Imagem de perfil

De Gaffe a 16.07.2015 às 09:58

Gosto de Sesimbra, mas conheço apenas a avenida principal e o hotel onde fiquei por uns dias, mesmo em frente à praia, com um praça muito grande em frente. Conheço o Forte que foi remodelado e me pareceu muito agradável. A Biblioteca é razoável, embora com funcionários antipáticos, quente e abafada. O mercado de peixe é um bocadinho sujo...  
Odiei o fim de semana! Ficou repleto de gente muitíssimo pouco agradável. 
Concordo contigo quando dizes que está subaproveitada. Creio mesmo que existe uma vontade para retirar o maior lucro possível do que existe sem se olhar a qualquer critério de qualidade.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.07.2015 às 10:45

há quanto tempo cá estiveste?
Sesimbra, durante a semana e no Verão, é muitíssimo agradável. A avenida da praia, depois dos melhoramentos que levou, ficou muito bem, o forte, agora que abriu e que tem café e esplanada está-se lá muito bem e a biblioteca está muito boa. A casa dos meus pais fica mesmo em frente à biblioteca.  A praça está com obras profundas, tanto que a parte dos legumes e frutas está no exterior. Reconheço que a Câmara tem feito um esforço para melhorar as infraestruturas. Mas só nas que são necessárias para a praia e para o verão.
 Acreditas, por exemplo, que o único parque infantil que existe é na praia, sem qualquer sombra?
Mas além disso, os próprios sesimbrenses fazem o mesmo. Salvo honrosas excepções, Verão ou Inverno agem da mesma maneira e não percebem que devem aproveitar, ao máximo, o Verão para poderem singrar no Inverno
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.07.2015 às 11:36

No ano passado, depois de ter chegado de férias. 
Foi brevíssimo o tempo que lá passei e só porque o meu pai queria comer peixe e marisco num marisqueira sinistra mas famosa entre os amigos. 
:)
Lembro que subia uma ravina para lá chegar, numa transversal da avenida da praia. 
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.07.2015 às 12:10

terá sido no Modesto ou no Rodinhas? são as mais famosas aqui do burgo. Não necessariamente as melhores, claro. Pelo menos para mim. As minhas preferidas ficam mesmo na Avenida da Praia e é fabuloso jantar enquanto vemos o mar e a praia (o por do sol é na serra, nas costas da praia por assim dizer)
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.07.2015 às 12:13

Já não sei. Acho que nem cheguei a saber.<div>Mas com o meu pai, minha querida, foram sem dúvida as melhores -que nem sempre são as mais famosas.&nbsp;</div>
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.07.2015 às 12:18

eheheheeh ahh os pais, os pais! o meu também adora ir às marisqueiras que lhe recomendam. Podem nem ser as melhores nem as mais famosas, mas se lhe recomendam, ele vai
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.07.2015 às 12:23

ODEIO marisco.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.07.2015 às 12:26

ah. Pois. Assim fica mais difícil de gostar de ir às marisqueiras... mas odeias todos mesmo?
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.07.2015 às 14:30

Sapateira recheada - espero que seja assim que se diz - escapa. Mal, mas escapa. Apenas isso e com algum sacrifício.
Sou carnívora, definitivamente.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.07.2015 às 17:01

Sapateira recheada (eu também acho que é assim que se chama) é bom! mas eu sou suspeita, gosto de marisco e adoro petiscar. Caracóis, conquilhas, búzios, choco frito, camarão, canivetes... gosto de tudo. Apesar de carnívora convicta
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.07.2015 às 17:05

Percebe-se!
Até enfiaste moluscos por ali dentro!!! Via tudo em frente e seja o Deus quiser! 
:DDD
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.07.2015 às 17:08

estão todos na mesma categoria: Petiscos! ehehehehhehe
Imagem de perfil

De Vanessa a 16.07.2015 às 11:00

Concordo plenamente, apesar de na minha zona isso não acontecer. Aliás, é o oposto e uma escravatura no verão. Digo isto porque todos os cafés/restaurantes trabalham 3/4 meses sem fechar um único dia, pagam mal como tudo e ganham rios de dinheiro. Gente que trabalha lá das 9h às 24h. 
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.07.2015 às 12:17

também não seria isso que se pretendia, claro. A maior parte dos sítios tem os mesmos empregados de verão e de inverno. Grande parte deles são só membros da mesma família que lá trabalha. Não empregam mais gente no verão (quando seria mais que lógico que o fizessem para que pudessem alternar as folgas) e abrem e fecham às mesmas horas seja em que altura for. E à beira da praia, alguns restaurantes recusam-se a servir refeições depois das 22h... não faz qualquer sentido. Depois, de Inverno, é vê-los, "pelos cantos" a chorar que não tem clientes e que não sabem como aguentar
Imagem de perfil

De Vanessa a 16.07.2015 às 12:19

Sim, nisso tens razão. Podiam muito bem meter um empregado ou outro só para fazerem as folgas do pessoal na mesma e mantinham as portas abertas. E isso de fecharem a cozinha às 22h... epa, se é ao pé da praia, as pessoas saem de lá tarde e quando vão jantar já são a "más horas", mas é dinheiro.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.07.2015 às 12:24

exactamente! além de que há quem saia da praia quase às 21h30 nos dias em que está mais calor (eu própria, por exemplo). É quase sair da praia, vir buscar as patudas e ir comer. Ou podia ser, não fosse fecharem a cozinha às 22h.
Claro que há honrosas excepções. Por exemplo, há um café em que, no verão, tem mais dois empregados (são sempre os mesmos dois) e que o neto do dono também dá uma mãozinha nesta altura. Abrem às 7h e fecham às 24h todos os dias no verão. Lá se vão revezando, claro. Obviamente que conquistam clientes e por isso, no verão, é sempre o que está mais cheio
Imagem de perfil

De Vanessa a 16.07.2015 às 14:50

Pudera! Esse é inteligente, apesar de se matar a trabalhar, ao menos ganha uns belos tostões.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.07.2015 às 17:00

faz o que todos deviam fazer. Aproveita a época em que sabe que há mais gente em Sesimbra para ganhar os trocos que lhe permitem aguentar o Inverno com o café quase às moscas. Claro que os cafés em volta, que fecham para descanso no verão (ou ao domingo, dia em que há aqui mais gente) tem menos clientela nos outros dias. As pessoas fidelizam-se

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.