Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Flightradar

por Magda L Pais, em 31.03.15

voos.png

Que atire a primeira pedra ou farpa quem não fica assustado cada vez que cai um avião. Ninguém? pois, foi o que pensei.

Consciente ou inconscientemente, é um receio que vem ao de cima sempre que há um acidente, seja ele deliberado ou não.

Já o disse aqui, não sou particularmente fã de viagens de avião. Gosto de viajar e de passear mas, sempre que possível, com os pés assentes na terra. Literalmente assentes na terra. Mas não é por isso que deixo de o fazer – o gosto por viajar é superior ao receio do avião.

E será que o avião é mesmo seguro? E se é seguro, porque é que há tantos acidentes e são sempre notícia?

A resposta na foto acima. Cada imagem é um avião que estava a circular no espaço aéreo deste terceiro calhau a contar do sol às 11h47 a.m.. Conseguem contá-los? Pois, eu também não. Por cima da Europa e por cima dos Estados Unidos são aos milhares a voar ao mesmo tempo. São tantos que ficamos a pensar – como é que não há mais acidentes?

Já desconfiava desta realidade, do número imenso de voos que acontecem diariamente mas hoje, no site Flightradar deu para ver.

Nesse site, que acho fabulástico, pode-se ainda acompanhar um voo qualquer, desde que levanta voo até que aterra. E se clicarmos no avião que o representa, na lateral, podem ver a altitude, a velocidade, a foto do avião, a origem e o destino. Muito útil para quem, por exemplo, vai ao aeroporto buscar alguém – basta consultar o Flightradar e, com uma margem de segundos, sabe a hora de chegada do avião – em segurança, como se espera que aconteça sempre.

Confesso que fiquei fã!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.