Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Livrarias vs Livrarias

por Magda L Pais, em 08.09.15

livrarias.jpg

Quem me conhece e quem visita regularmente esta minha casa sabe que sou uma bibliófila com traços de bibliomania. Para quem é a primeira vez que me visita, basta que veja, ali ao lado, qual a tag mais usada e irá perceber o que se passa.

Ora, para alguém como eu, visitar uma livraria é quase como visitar um monumento. Gosto muito de fazer compras de livros on line mas é nas livrarias físicas que, muitas vezes, descubro novos autores, novos livros e faço a escolha daqueles que, mais tarde, irei comprar. Passar pelo meio dos livros, pegar neste ou naquele, ver as capas, sentir o papel, cheirar o livro... é avassalador e tão, mas tão bom.

E tão bom como isso é poder chegar a uma livraria e perguntar, por exemplo, se tem o livro que se chama Jane Eyre ou outro que não esteja à vista e quem nos atende dizer - sim, está nesta ou naquela prateleira ou então é só um bocadinho que vou procurar aqui na base de dados.

Gosto também de chegar a uma livraria e encontrar os livros organizados. Saber onde estão os livros de história, os autores lusófonos ou os juvenis. Os técnicos para um lado, os romances noutro.

Enfim, pequenos detalhes que tornam uma livraria grande. Pode não ser grande em tamanho mas grande na organização e na atenção ao cliente.

Infelizmente nem todas são assim.

Aqui há dias entrei numa livraria e perguntei se tinham determinado livro. Estamos a falar duma livraria de dois andares, com estantes por todo o lado e várias mesas com livros em cima pelo meio, e a resposta foi: olhe, não sei, terá de procurar. Fiquei logo com a pulga atrás da orelha. Não sabe e eu tenho de procurar? no meio de centenas de livros? 

Fiz a pergunta doutra forma: e onde estão os clássicos (porque o livro que procurava era um clássico). E a brilhante resposta: estão por aí. Por aí? Tanto podiam estar na mesa em frente como na estante lá ao canto no andar de cima...

Tentei mais uma vez: mas não pode procurar no computador? Não, não temos nenhuma base de dados dos livros que temos.

Ainda assim arrisquei. Dei uma vista de olhos pelas mesas e pelas estantes. E vi livros de direito fiscal ao lado de livros juvenis. Livros sobre o arrendamento ao lado de livros de culinária. Livros eróticos ao lado de livros infantis.

Credo, cruzes canhoto.

Quando vou a uma feira e passo por uma banca de livros, é isto que espero. Não conto com uma base de dados nem que o vendedor saiba tudo o que tem nem sequer onde determinado livro está - e mesmo estes, muitas vezes, sabem exactamente o que tem.

Gosto de livrarias mas não gosto destas livrarias que acham que vender livros é colocá-los ao molho e com fé que os clientes venham passear pelo meio e encontrem aquilo que procuram. Gosto de passear no meio dos livros, é verdade mas também gosto que estejam organizados, tratados, amados como merecem. E, senhores, aquela livraria não o fazia. E isso, acreditem, faz com que nunca mais lá entre. Mesmo que tenham promoções excepcionais ou tenham, na montra, aquele livro que eu procurava.

Autoria e outros dados (tags, etc)


30 comentários

Imagem de perfil

Sara a 08.09.2015

Garimpar nessas bancas de livros usados é das melhores coisas que há...Livrarias só compro quando há promoções e nessas os supermercados levam vantagem.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

mesmo quando não há promoções gosto de passear lá dentro e ver o que tem sido publicado. E às vezes são o melhor sitio para se encontrar os livros de determinado autor (mesmo que, depois, se compre noutro lado)
Imagem de perfil

Sara a 08.09.2015

Infelizmente parece que as grandes cadeias têm cada vez menos variedade, especialmente os escaparates...Adoro ir lá queixar-me dos preços xD
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

eu não vou lá queixar-me dos preços. A culpa não é dos empregados que nos atendem mas sim dos gestores por isso não vale a pena queixar-me a quem não tem culpa. Vou ver os livros, ver os que me agradam, quais posso arriscar comprar. 
Imagem de perfil

Sara a 08.09.2015

Queixar-me para mim e para os que estão cmg...lol
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

ahahhaahahahahahahahahah normalmente entro sozinha. Ou então, quem está comigo, segura-me para não entrar (até porque sabem que dificilmente me aguento sem comprar
Imagem de perfil

Sara a 08.09.2015

Tb nunca ninguém quer vir cmg mesmo havendo sofás, acham secante...Comprar não há problema derivado daqueles queridos preços - a menos que hajam promoções quando digo que vou à fnac ver é mesmo só ver...
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

Já tenho apanhado excelentes promoções. Nem sempre, claro. Mas apanham-se. Quando ao ver.. Passo lá horas se for preciso
Imagem de perfil

Sara a 08.09.2015

Sim, ás vezes aparece, mas nos supermercados há com mais frequência - há uns tempos havia num livros a três euros - e na note.it...Ainda assim a fnac consegue ser melhor que a bertrand que nunca tem promoções de jeito ou só em cartão...
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

já tenho apanhado algumas promoções simpáticas na Bertrand. Packs de livros a preços muito muito apetecíveis. Não é sempre e nem todos compensam. é uma questão de sorte
Sem imagem de perfil

Olívia a 08.09.2015

Como é que alguém se consegue organizar numa livraria de 2 andares sem saber quais os livros que vendem nem onde estão? 
Não consigo imaginar a confusão... logo eu que ainda sou uma espécie de maníaca das listas...
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

Não conseguem. Tanto não conseguem que as pessoas entravam e saiam de imediato, ninguém estava a comprar coisa alguma
Imagem de perfil

M* a 08.09.2015

não consigo compreender como é que uma livraria de dois andares não possui uma base de dados dos livros que vende. sou capaz de perdoar que o vendedor não saiba onde está uma determinada secção literária porém, acho incompreensível que não exista uma base de dados... na era dos computadores. o que me parece é que foi má vontade da pessoa.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

não foi má vontade. ela mostrou-me que, no computador, tem apenas o programa de facturação. E quando regista... regista como "livro" mais nada.
Imagem de perfil

Nathy ღ a 08.09.2015

Um dos motivos por ter deixado de frequentar uma livraria que vende livros novos e em segunda mão foi pela desorganização. Perdida muito tempo a procurar livros. Nem mesmo elas sabiam onde estavam os livros. Acabei por desistir por falta de tempo. É maçador ter que procurar no meio de dezenas de livros. Nem acho que a livraria seja assim tão grande...
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

é irritante ver as coisas assim. Mesmo quando ando a procastinar numa livraria não gosto de ver géneros literários misturados. Gosto das coisas minimamente organizadas
Imagem de perfil

Corvo a 08.09.2015

Ó Magda. Venho aconselhar-te um livro. "O Pecado de Porto Negro"
Se não te extasiares com ele, estás autorizada a chamar-me burro com todas as letras.
Lê que vale mesmo a pena.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

registada a sugestão. não conhecia, na próxima compra a ver se o trago
Imagem de perfil

Corvo a 08.09.2015

Bem: também não estou assim tão entusiasmado que justifique dois comentários.
Foi burrice minha portanto faz o favor de apagar um.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

ahahahaahah já me ri com isso, ok, um dos comentários apagados
Imagem de perfil

Sofia Margarida a 08.09.2015

Uma verdadeira confusão de livros então :P
Sem imagem de perfil

Papira a 08.09.2015

Não acredito...nunca me aconteceu algo parecido. E se algum dia acontecer, provavelmente, não vou ter a paciência e persistência que tu tiveste. Essas respostas eram coisa para sair da livraria de imediato. De facto, gosto de entrar numa livraria e ter as estantes organizadas por categorias, autores, etc...tem que haver sentido naquilo que nos é apresentado e, claramente, tem que haver um atendimento que corresponda às expectativas do leitor que ali entra com um objectivo ou mesmo que entre sem objectivo nenhum (quantas vezes já me aconteceu). "Não sei, tem de procurar"??? "Estão por ai"???...Inconcebível! Image
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

a tristeza desta história é que é totalmente verdade... infelizmente. Sai de lá completamente irritada e nunca mais lá voltarei. Desconfio que esta livraria não irá longe, antes pelo contrário. Quer pela atitude da empregada quer pela confusão generalizada e nada organizada que está instalada
Imagem de perfil
Eu também gosto que as coisas estejam mais ou menos arrumadas por categorias, porque numa livraria o caos não é melhor forma de negócio! ImagePor acaso não tenho razões de queixa de todas a vezes que pedi informações em livrarias!
Imagem de perfil

Magda L Pais a 08.09.2015

foi a primeira vez que tal coisa me aconteceu. E olha que eu visito imensas livrarias
Imagem de perfil

Maria das Palavras a 10.09.2015

Uau! Que livraria divertida!! Fizeram do ato de escolher um livro um jogo de "encontrem o Wally", esse clássico. Ou podes entrar no mistério como um verdadeiro Sherlock Holmes, procurando pistas nas pegadas da (des)colaboradora, já que as palavras ajudam pouco. Ahaahah.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 10.09.2015

ahahahahahahahaha é outra forma de ver a questão, de facto :p

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.