Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Nós por cá, tudo bem - o bypass coronário

por Magda L Pais, em 03.11.15

Quando vos perguntei onde paravam os direitos dos mais altos e dos mais pesados? falei-vos que o meu maridão (sim, ão... porque um homem com 1.93m e 145 kg dificilmente pode ser outra coisa) estava a realizar alguns exames médicos. Quer dizer, estava nada que alguns deles não pode fazer por ser grande. 

Na verdade o percurso que o Miguel (o marido) fez com exames e consultas levou-me a perguntar para onde caminhas, serviço nacional saúde?

Mas chegamos, finalmente, ao dia de hoje. Um ano e alguns meses depois do início dos sintomas, hoje (talvez a esta hora) a operação realiza-se. Dois bypass coronários. Uma operação que é simples para os médicos, e muito complicada para quem está de fora.

Confesso que já tive alguns momentos em que estive apreensiva com esta intervenção. Sim, sabemos que, para os cirurgiões especializados nesta área, é quase tão complicado como tirar um dente (já vos disse que odeio dentistas?). Mas caramba, é na nossa máquina que estão a mexer.

Eu sou uma optimista. Para mim o copo está sempre cheio o suficiente. Não meio cheio mas o suficiente para o que se quer. Não aceito as coisas por meio, só aceito que as coisas corram bem. E mesmo quando algo corre mal, acredito piamente que há um lado positivo. Basta saber procurar.

Acredito, por isso, que esta operação ao coração é o caminho para que o rapazola se sinta melhor. Para que possamos, dia 25 deste mês, comemorar os 51 anos de casados. Ah.... esperem, são só 15!.. Ups...foi uma troca de mãos...

Enfim, positivismo. 

O mesmo positivismo que leva a que o meu marido, quando lhe falamos que ia ter uma semana de férias da família, respondeu:

sim, sim, vou estar de férias em Lilliput.

Ou quando lhe perguntaram em que hospital ia ser operado, respondeu:

No Portugal dos Pequeninos...

E quando falava à mãe que ia ser internado na segunda-feira, explicou:

Na segunda vou para lá para ir afiar as facas e limpar a sala. Depois na terça, o talho abre às 8h.

E ontem lá fomos. Falamos com o fisioterapeuta, a anestesista, os enfermeiros e com o médico. Nós sentados no refeitório, e eles iam e vinham. Sentimo-nos importantes, parecia que estávamos a entrevistar candidatos a um emprego.

A conversa com o médico foi simpática, achei importante ter desmitificado a operação e nos ter dito que o bypass coronário é a operação mais simples que ali fazem. Foi tudo explicado, desde o momento em que vai para a sala até ao momento em que sai dos cuidados intensivos. Foi também importante vermos outros doentes que já estavam a recuperar da mesma operação e que estavam frescos e fofos.

Depois confirmamos. Para medir a tensão arterial, a manga teve de ser colocada perto do pulso porque no local do costume não prendia. Foram-lhe dadas duas batas para vestir uma à frente e outra atrás...Enfim, o homem é todo grande, nada a fazer.

E o Sr António, esquecia-me do Sr António. Que fala e fala e fala. Que vai ser operado a uma válvula mitral (é assim que se escreve?) mas que parecia que ia visitar alguém. Que estava bem disposto e que falou imenso connosco quando chegamos ao hospital e que, depois, teve o médico dele vir buscá-lo porque estavam à espera dele para fazer mais um exame... uma simpatia de senhor.

E isto é o mais importante. Mesmo numa operação. Simpatia e confiança que tudo vai correr bem. Porque vai!

Autoria e outros dados (tags, etc)


22 comentários

Imagem de perfil

De Maria Alfacinha a 03.11.2015 às 09:21

Claro que vai!
E estão aqui as cheerleaders a apoiar :-)
Beijinho para os dois
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 03.11.2015 às 09:52

e onde andam os pompons?
Imagem de perfil

De Maria Alfacinha a 03.11.2015 às 09:59

Ora essa! Aqui, claro!
Nem me queriam deixar entrar no barco porque ocupava muito espaço Image
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 03.11.2015 às 10:01

bem que ouvi dizer que tinha havido problemas nos barcos.. está explicado :p
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 03.11.2015 às 10:22

Image é a nossa semana das boas novas :D
Imagem de perfil

De Nathy ღ a 03.11.2015 às 10:55

Vais ver que tudo vai correr bem :) Não vai ser por falta de vontade :)
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 03.11.2015 às 10:56

Claro que vai. Só pode mesmo!
Imagem de perfil

De Maria das Palavras a 03.11.2015 às 11:00

Hás-de dar um beijinho (muito casto) por mim ao maridão. Daqui a nada já passou a hora do talho e continua a hora da comédia :D
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 03.11.2015 às 11:14

considera dado :D
Imagem de perfil

De Fatia Mor a 03.11.2015 às 11:27

E vai correr tudo bem. Ficar apreensivo é normal no ser humano mas o mais importante é confiar na equipa médica e saber que é o melhor para todos!
As melhoras do maridão (merece realmente o título) e uma recuperação bem rápida!
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 03.11.2015 às 19:50

Obrigado!!!! correu bem :D
Imagem de perfil

De Carla a 03.11.2015 às 12:57

Claro que tudo vai correr bem! Não pode ser de outra maneira.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 03.11.2015 às 19:50

e correu mesmo :D
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.11.2015 às 13:24

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 03.11.2015 às 19:51

Correu tudo bem :D e sim, há sempre um Sr António ehehehhehe Hoje de manhã até andava a fazer passagem de modelos com a bata... ehehehe
Sem imagem de perfil

De Joana a 04.11.2015 às 00:00

Magda a esta hora está terminado, certamente. Da minha parte vai o desejo que tudo tenha corrido bem e que o homenzarrão esteja rapidamente em forma.
Beijinho grande.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 04.11.2015 às 15:37

Sim, correu lindamente e o rapazola já está no recobro. A recuperar como previsto e dentro da normalidade
Imagem de perfil

De Just_Smile a 04.11.2015 às 13:31

E como te disse ontem, agora é fazer tudo direitinho e de certeza que como correu tudo continuará a correr bem :)
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 04.11.2015 às 15:37

verdade verdadinha :D
Imagem de perfil

De Corvo a 04.11.2015 às 14:38

Olá, Magda. Chego tarde mas pelos vistos correu bem, que é o que se quer.
Depois, Porra! 145 quilos é obra! E eu armado em grande com 92. Uma manápula  dele afundava-me ao centro da terra.
Ainda bem que ele não é sportinguista. É que estou mesmo a imaginar ele por detrás do Bruno a incentivá-lo. Vamos presidente! Mais uns comunicados contra o vigarista Benfica que se piam cá estou eu. Quantos são, quantos são?
Continuação de tudo sem complicações.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 04.11.2015 às 15:38

Obrigado!!! está a correr bem que é o que é preciso

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.