Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Qual é o seu Tipo de Inteligência?

por Magda L Pais, em 29.03.15

18121626_ZqwL5.jpeg

O fim de semana de respostas a desafios não podia estar completo sem responder a este que a Barbara me deixou no blog dela.

É um teste para tentar perceber qual o meu tipo de inteligência. Em cada pergunta podem escolher-se 2 ou 3 alíneas mas preferencialmente só uma. Ora vamos lá a isto:

1. Os melhores momentos que recorda da escola são:

(  ) a) A declamação de um verso para amigos e colegas.

(x) b) Fui o mais rápido a completar um exercício de matemática.

(  ) c) A representação de uma peça de teatro.

(  ) d) Explicava muito bem aos meus colegas onde ficava e como poderiam ir até minha casa.

(  ) e) Fazia concertos musicais de que todos gostavam.

(x) f)Todos os meus amigos vinham ter comigo para desabafar sobre os problemas deles e eu conseguia exprimir facilmente o que sentia quando se zangavam comigo.

(  ) g) Fazia desenhos com que as pessoas ficavam admiradas.

(  ) h) Adorava fazer reciclagens.

2. No Ensino Secundário gostava de:

(  ) a) Imitar cantores famosos.

(  ) b) Entregar-me de corpo e alma a todas as paixões e pensava que seriam eternas.

(x) c) Perdia-me em visitas a museus.

(  ) d) Explorar com a minha bicicleta (ou outros meios) por todos os cantos da cidade.

(x) e) Participar em jogos de palavras de grupo e debates polémicos a respeito de opiniões.

(  ) f) Realizar jogos de grupo com cálculos mentais.

(  ) g) Aventurar-me a desmontar objectos ou electrodomésticos de lá de casa.

(  ) h) Executar jogos imaginários com viagens fantásticas.

3. Quando preciso de descontrair ou de relaxar:

(  ) a) Desenho aleatoriamente.

(  ) b) Vou caminhar na natureza.

(x) c) Gosto de escrever.

(  ) d) Faço puzzles.

(  ) e) Ouço música no volume mais alto possível.

( ) f) Desabafo com os amigos.

(  ) g) Danço sem parar.

(  ) h) Distraio-me a arrumar objectos de casa.

4. Uma boa forma de me entreter num encontro amoroso é:

(x) a) Fazer um passeio de barco a dois.

(x) b) Ter uma boa discussão sobre uma assunto actual.

(  ) c) Passear num museu de arte contemporânea.

(  ) d) Enumerar factos importantes.

(  ) e) Uma boa conversa a dois de entreajuda.

(  ) f) Um bom momento de expressão corporal, como dançar, participar numa peça de teatro.

(  ) g) Fazer um puzzle de 3D.

(  ) h) Ouvir uma música a dois sentados no carro.

5. As melhores férias possíveis:

(x) a) Passear em diferentes espaços da natureza.

(  ) b) Fazer palavras cruzadas ou sudoku.

(  ) c) Estar num lugar tranquilo para escrever o livro da minha vida.

(  ) d)  Realizar longos passeios a pé.

(x) e) Conviver, sair e divertir-me com os meus amigos.

(  ) f) Ouvir concertos de música que nunca ouvi.

(  ) g)  Desenhar num lugar tranquilo

(  ) h) Apreciar as estruturas arquitectónicas dos locais que visito.

6. Uso a internet para:

(  ) a) Utilizar chats de conversa para conhecer pessoas e novas realidades.

(  ) b) Realizar jogos de Arcádia.

(  ) c) Explorar cidades pelo street view.

(x) d) Pesquisar textos de autores desconhecidos.

(  ) e) Apreciar danças em diversos vídeos.

(  ) f) Analisar novas formas de arte.

(  ) g) Explorar novos cantores, novas músicas e novos ritmos.

(  ) h) Ouvir músicas que me reportam a passeios na natureza.

7. Se comprar um carro, o que mais tenho em conta é:

(  ) a) Perceber o seu funcionamento binário.

(x) b) Se me sinto confortável no banco.

(  ) c) O espaço que tem o habitáculo.

(  ) d) Se os meus amigos vão gostar de me ver nele.

(  ) e) As linhas aerodinâmicas do veículo.

(x) f) O consumo/gastos e a emissão de gases poluentes.

( ) g) Ler o manual.

(  ) h) O barulho do motor.

8. Quando tenho um problema resolvo-o a:

(x) a) Caminhar para desanuviar a cabeça.

(  ) b) Escrever missivas sobre o assunto.

(x) c) Enumerar e recapitular diferentes acontecimentos idênticos porque já passei no passado.

(  ) d) Pinto.

(  ) e) Jogo xadrez.

(  ) f) Vou-me entreter com a terra (plantar, cavar, semear) ou caminhar sobre a relva.

(  ) g) Falo horas a fio sobre o mesmo.

(  ) h) Danço ao som da música até me cansar e não pensar mais no problema.

9. Eu classifico a minha maneira de ser como:

(  ) a) Detalhista.

(  ) b) Musical.

(  ) c) Artista.

(  ) d) Comunicativo.

(  ) e) Ágil.

(  ) f) Ecologista.

(  ) g) Amigo ou sensível.

(x) h) Racional.

10. Gosto de aprender através de:

(x) a) Passear na natureza.

(  ) b) Expressão artística.

(  ) c) Discussão de casos pessoais.

(  ) d) Histórias e músicas.

(  ) e) Actividades estruturadas passo a passo.

( ) f) Demonstrações e experiências.

(  ) g) Exercícios de análise de factos, dados e números.

(x) h) Ler livros.

Confira o seu tipo de inteligência 

Perguntas 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
a) A E G H H F B C D H
b) B F H A B B C A E G
c) C G A G A D D B G F
d) D H B B C A F G A E
e) E A E F F C G D C D
f) F B F C E G H H H C
g) G C C D G E A F F B
h) H D D E D H E E B A
 

A letra em que obtiver maior número de respostas será a que corresponde ao seu tipo de inteligência mais desenvolvido.

A

Inteligência Verbal ou Linguística:
Habilidade para lidar criativamente com as palavras, tanto em expressão oral como escrita; possivelmente é a mais fácil de se compreender numa pessoa, pois a forma de comunicação verbal é um modo de expressão das habilidades de cada um. Este tipo manifesta-se em escritores, oradores, políticos, formadores, professores, pessoas que elaborem relatórios, cartas comerciais, petições judiciais,e outros documentos que exijam uma clara redacção de texto.

B

Inteligência Lógico-Matemática:

Competência para desenvolver e ou acompanhar sequências de raciocínios, resolver problemas lógicos, capacidade para solucionar problemas envolvendo números e demais elementos matemáticos. Não está relacionado apenas com cálculos, mas também com a resolução de problemas que envolvam lógica ou raciocínio lógico e habilidades para raciocínio dedutivo. Este tipo manifesta-se em matemáticos, engenheiros e físicos, mas também em advogados aquando da defesa dos seus clientes.

 C

Inteligência Cinestésica-Corporal:

Capacidade de usar o próprio corpo de modo diferente e hábil, na expressão corporal, bem como na resolução de determinados problemas que exijam essa intervenção; por exemplo atletas, mímicos, dançarinos, pugilistas, jogadores de futebol (não só o pé mas também o corpo).

D

Inteligência Espacial:

Noção de espaço e direcção, capacidade de extrapolar situações espaciais para o concreto e vice-versa, possuindo grande percepção e relacionamento com o espaço. São exemplo deste tipo de inteligência arquitectos, navegadores, cirurgiões, quem tem uma boa orientação no espaço e não se perde numa cidade quando a conhece ou se orienta bem com o mapa.

E

Inteligência Musical:

Capacidade de organizar sons de maneira criativa; de interpretar, escrever, ler e expressar-se pela música. As pessoas que gostam de oferecer música ou que a associam a determinadas fases da sua vida possuem esta inteligência emocional mais desenvolvida, bem como todos os compositores, alguns muito famosos, e quem toca de ouvido sem conhecer a partitura.

F

Inteligência Pessoal:

Aqui são englobados os dois tipos de Gardner:

a) Inteligência Interpessoal: habilidade de compreender os outros; a maneira de aceitar e de conviver com o outro; comunicar de forma adequada com os outros, motivando-os, incentivando-os e dirigindo-os, Temos os exemplos de alguns professores, líderes, psicólogos, médicos, etc.

b) Inteligência Intrapessoal: capacidade de relacionamento consigo mesmo, de autoconhecimento, de entrar em contacto com o seu próprio "eu", de se auto-avaliar e reconhecer os seus pontos fortes e fracos, capacidade de descrever os seus próprios sentimentos e emoções. Habilidade de administrar sentimentos e emoções a favor dos seus projectos. É a inteligência pertinente para a auto-estima devido à importância do conhecimento de si mesmo; identificando os pontos fortes e fracos reconhecem-se as falhas e pode-se adoptar um melhor comportamento.

G

Inteligência Pictográfica:

Habilidade que a pessoa tem de transmitir uma mensagem por um desenho que faz, pela arte e pelo grafismo, e de resolver problemas por esta via de comunicação. Esta inteligência é mais desenvolvida em crianças, que não sabem ler, como modo de se manifestarem, mas posteriormente poderão perdê-la com a aprendizagem da leitura e da escrita . Génios da pintura e da arquitectura são exemplos desta inteligência.

H

Inteligência Naturalista:

Capacidade de uma pessoa se sentir um elemento natural, de distinguir as diferenças no campo da natureza, reconhecendo, respeitando e estudando outros tipos de vida. Temos exemplos desta inteligência no biólogos, ecologistas, naturopatas, homeopatas ou outros que gostem de utilizar os proveitos da natureza.

Os meus resultados:

A - 5

B - 3

C - 2

D - 0

E - 0

F - 2

G - 1

H - 4

Ora parece que eu estou entre a Inteligência Verbal/Linguística e a Inteligência Naturalista. Penso que não estará muito longe da verdade, de facto.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.