Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Quando a cabeça não tem juízo…

por Magda L Pais, em 22.07.15

378940.jpg

Cabe aos Tribunais ajuizar as pessoas. Bom, pelo menos nalguns casos. E neste caso a decisão do Tribunal de Relação de Évora devia passar a fazer parte da lei ou, pelo menos, das instruções que se dão aos pais. A bem ou a mal.

Muitos esquecem-se que é obrigação dos pais, tão natural quanto a de garantir o sustento, a saúde e a educação dos filhos e o respeito pelos demais direitos, designadamente o direito à imagem e à reserva da vida privada e este tribunal fez questão de lembrar os pais duma jovem de 12 anos que os filhos não são coisas ou objectos pertencentes aos pais e de que estes podem dispor a seu belo prazer”; são “pessoas e, consequentemente, titulares de direitos” e que se, “por um lado, os pais devem proteger os filhos, por outro têm o dever de garantir e respeitar os seus direitos”.

É assunto que me é muito querido. Nunca irei parar de alertar pais e familiares para a necessidade de protegerem as suas crianças porque a pedofilia e as redes sociais juntam-se com a maior das facilidades. Porque há fotos dos seus filhos que não deve publicar na Internet e porque a Varicela & Facebook/Blogs não combinam, de todo. Porque a praia é excelente se a soubermos aproveitar e não facilitarmos.

Quantas mais vezes será necessário falar neste assunto para que mais pais percebam os cuidados que devem ter? será que todos precisam que o Tribunal lhes explique?

Autoria e outros dados (tags, etc)


21 comentários

Imagem de perfil

Vanessa a 22.07.2015

Calculei logo que seria uma briga de gente divorciada. Mas acho muito bem! E acho que deveria ser implementada uma regra quanto a isso, porém como é que se proíbe um jovem menor de 18 anos de colocar as suas fotos nas redes sociais? É difícil. Ou como é que se fiscaliza isso? Também é complicado. De qualquer das maneiras, ainda há pais que têm a noção de que não devem colocar as fotos dos seus filhos pequeninos no facebook.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 22.07.2015

Os meus filhos tem facebook. Mas sabem bem que tipo de fotos podem ou não colocar. E sabem que os riscos que correm se colocarem fotos que não sejam autorizadas por nós. As crianças tem de ter consciência dos riscos que correm se colocarem fotos, não se deve esconder que há pedófilos e pessoas menos bem intencionadas. Isso ajuda-as a perceber os riscos. Por outro lado, há pais que colocam fotos dos filhos pequenitos (quando não são bebés) em cuecas, em fraldas ou de bikini... sem qualquer respeito pelas crianças
Imagem de perfil

Vanessa a 22.07.2015

É que é mesmo verdade! Os pais devem explicar aos filhos desde cedo que existem muitos perigos por aí e que esse é o maior deles. Acho que com uma boa conversa eles compreendem o risco que correm.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 22.07.2015

Conversar com os filhos faz maravilhas e deve-se começar o mais cedo possível! muitos pais esquecem-se disso
Imagem de perfil

Vanessa a 23.07.2015

Alguns devem pensar que as crianças não compreendem, o que é mentira. A minha sobrinha com 1 ano, o pai diz-lhe que não quer que ela meta o pé no chão, só no tapete, e a pestinha pequena olha para ele, olha para o chão, estica o pézinho para o chão e começa a dizer "mau mau mau mau". Por isso, duvido que os mais velhos não ouçam.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 23.07.2015

claro que percebem. Mais do que muitos pais pensam
Sem imagem de perfil

Paulo Vasco Pereira a 24.07.2015

Sem dúvida.
É extremamente importante que os pais estabeleçam uma relação de confiança mútua desde cedo. Numa antiga direção de turma, durante o 5.º e 6.º ano, uma aluna colocava fotos vestida mas mais parecia despida. Era mais crescida e mais velha do que os pares. Não sei se tinha noção mas todas as suas poses eram sensuais, idênticas às da Playboy ou qualquer revista do género. Felizmente, nunca tive problemas com a mãe dado obrigá-la a apagar a maioria das fotografias. Neste caso, a mãe não tinha contacto com as novas tecnologias e trabalhava no campo. Certamente, com alguma ingenuidade, via as fotos da filha como "que bonita está a minha filha". 
Contudo, uma prof. de TIC, ao fazer o mesmo, neste caso a pedido de uma mãe, dado ter deixado um comentário "forte" a uma das fotos foi vítima de um processo disciplinar. Escrevo vítima porque os professores não são pais e tal devia ter sido considerado mais do que suficiente pela direção para que não deixassem a mãe ir avante. 
Mas ainda da experiência com os meus alunos, é preciso ter em atenção os contactos. Quantos deles não correspondem a miúdos da mesma faixa etária mas na verdade a pessoas mais velhas que se excitam com pré-adolescentes? Algo nojento mas realidade. Garanto.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 24.07.2015

eu costumo dividir os pais em três categorias, no que respeita às novas tecnologias. Os que desconhecem por completo, os que conhecem e não querem saber e os que se preocupam efectivamente (estes últimos podem ou não conhecer as novas tecnologias). A minha filha tinha uma colega na escola que publicava fotos em bikini e em pose. Aos 9/10 anos. A minha gaiata, miúda atenta e cuidadosa, fartou-se de a avisar e ela não quis saber. Eu falei com a mãe dela e a miúda foi obrigada a tirar as fotos. A mãe nunca tinha pensado nos riscos...
Depois de ver o perfil dum pedófilo no facebook (e já o disse aqui várias vezes) fiquei com pena que tivesse sido apagado porque muitos pais deviam ver o que ele dizia das fotos. Acho que os vacinava de vez...
Sem imagem de perfil

Paulo Vasco Pereira a 24.07.2015

Eu apenas vi no multiply, onde durante anos tive alojado não só o blogue. Era um verdadeiro website, infelizmente vendido ao mercado asiático. Não sei como lá fui parar. Talvez por uma visita feita ao meu. Deparei-me com fotografias de bebés cuja minha primeira reação foi ficar sem ar, com um nó na garganta pensando "Que nojo. Como?". Em simultâneo, "descobri um pedófilo e agora o que é que faço?" 
Logo contactei um amigo, prof de inglês, para me orientar e escrever uma denúncia coerente naquela língua. Fui ignorado. Tal aumentou, confesso, o meu medo/repúdio. Limitei-me em denunciar a página e bloqueá-la. Alguns miúdos nas faixas etárias com as quais trabalho, sobretudo raparigas, sei serem capazes de provocar e já terem "maldade". Agora, bebés?! Juro, ao escrever estas linhas, volto a sentir quase o mesmo nojo de há uns 8 anos atrás. É horrível.
Sem imagem de perfil

Anónimo a 22.07.2015

Só o facto de se ter conta no Facebook, é o bastante para alguém de bom senso plagiar o título deste post:
- "Quando a cabeça não tem juizo..."
O Facebook mais não é que uma montra de palermices, onde a frustação de uns e de outros é dada a conhecer a todos.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 22.07.2015

Não concordo de todo. O Facebook é aquilo que as pessoas fazem dele. Uns sabem aproveitar e falam com a família e amigos que estão mais longe, divulgam o seu trabalho, etc e tal. Eu reencontrei pessoas que me são importantes e com as quais tinha perdido o contacto - naquele tempo em que não havia emails ou telemóveis. Deve é ser consumido com moderação e cuidado (coisa que nem toda a gente se lembra)
Sem imagem de perfil

Anonimo a 22.07.2015

Eu já tive esta discussão numa reuniao de pais da creche da minha filha onde a diretora "sugeriu" que "alguns pais" (EU) tinham sinalizado que não queriam fotos dos filhos na página da creche e queria "compreender" o porquê... 
Comecei-me a rir... quando ela me deu a palavra e eu expliquei que não deixava a creche usar imagens para marketing da creche porque são fornecidos locais, horarios, etc,etc, o que constituia um perigo para as crianças mais meia dúzia de pais quis retificar o documento.
É dificil de entender que temos que os proteger?! Se eu não coloco uma unica foto da minha filha porque permitiria à creche que o fizesse? Por marketing? 
A questão é pertinente. Não me parece que seja apenas uma coisa de "pais divorciados". As pessoas deviam ter cuidado e ser-lhes explicado. 
Imagem de perfil

Magda L Pais a 22.07.2015

Concordo em pleno! na creche autorizei as fotos dos meus filhos na condição de apenas serem colocadas na área privada do site da creche. Tirando isso... nem uma.
Muitos pais não se apercebem (ou não querem perceber) os riscos que correm com as fotos que colocam no facebook (ou em blogs). Senhores, é com cada uma que mais parece um convite
Imagem de perfil

Kruzes Kanhoto a 22.07.2015

Não concordo de todo com esta decisão do tribunal.  A minha filha mais nova foi desde os oito aos dezoito anos nadadora federada e, apesar de eu não ter publicado nem uma única fotografia, existem (ou existiram) centenas de fotos dela - e das colegas, obviamente - em sites de clubes, páginas de outros nadadores e nos sites da Associação e da Federação Portuguesa de Natação. O que fazer quanto a isso? Proibir? Esse, acho - e tenho direito a achar isso - não me parece ser o caminho.  Tem é de prevalecer o bom senso.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 22.07.2015

O problema está na falta de bom senso. Tenho visto fotos de crianças de colo sentados no bacio... uns de fralda outros de cuecas. todos nus com as borbulhas da varicela...
Queira-se ou não bom senso é coisa que nem todos sabem o que significa. E infelizmente os predadores andam por ai e servem-se dessas fotos
Sem imagem de perfil

Eu. a 22.07.2015

Não tenho nem quero ter facebook ! obviamente que esta é a minha escolha e respeito o oposto.
Quanto a fotografias de crianças, sou contra tanto no facebook , como em toda a Internet em geral. É que para além de nunca se saber quem e com que propósitos as estarão a ver, há o drama: uma vez colocadas, nunca mais tiradas.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 22.07.2015

ora ai está - depois de publicadas nunca mais desaparecem. E os pais esquecem-se disso. Num dos textos que escrevi sobre isto, dizia eu que os pais esquecem-se que também não iam gostar que os pais deles mostrassem aos sogros ou aos amigos as fotos que foram tiradas deles nus ou de fraldas.
Sem imagem de perfil

Eu a 22.07.2015


Não me refiro só ao esquecimento puro e simples. Pior! a multiplicação sem se saber por quem e com que propósitos, feita antes serem retiradas.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 22.07.2015

já contei aqui (http://stoneartportugal.blogs.sapo.pt/73121.html) que tive a infelicidade de ver o perfil dum pedófilo e o que ele conseguiu fazer com fotos inocentes. Por um lado fiquei feliz por o perfil ter sido apagado. Por outro... era um bom exercício para os pais,. Verem o que uma mente distorcida pode fazer/pensar com fotos inocentes
Sem imagem de perfil

Cris a 30.07.2015

É como tu dizes. A questão principal é não terem a noção e a falta de bom senso.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 30.07.2015

é, na maior parte dos casos, a origem dos problemas

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.