Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Quando a cabeça não tem juízo…

por Magda L Pais, em 22.07.15

378940.jpg

Cabe aos Tribunais ajuizar as pessoas. Bom, pelo menos nalguns casos. E neste caso a decisão do Tribunal de Relação de Évora devia passar a fazer parte da lei ou, pelo menos, das instruções que se dão aos pais. A bem ou a mal.

Muitos esquecem-se que é obrigação dos pais, tão natural quanto a de garantir o sustento, a saúde e a educação dos filhos e o respeito pelos demais direitos, designadamente o direito à imagem e à reserva da vida privada e este tribunal fez questão de lembrar os pais duma jovem de 12 anos que os filhos não são coisas ou objectos pertencentes aos pais e de que estes podem dispor a seu belo prazer”; são “pessoas e, consequentemente, titulares de direitos” e que se, “por um lado, os pais devem proteger os filhos, por outro têm o dever de garantir e respeitar os seus direitos”.

É assunto que me é muito querido. Nunca irei parar de alertar pais e familiares para a necessidade de protegerem as suas crianças porque a pedofilia e as redes sociais juntam-se com a maior das facilidades. Porque há fotos dos seus filhos que não deve publicar na Internet e porque a Varicela & Facebook/Blogs não combinam, de todo. Porque a praia é excelente se a soubermos aproveitar e não facilitarmos.

Quantas mais vezes será necessário falar neste assunto para que mais pais percebam os cuidados que devem ter? será que todos precisam que o Tribunal lhes explique?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.