Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Que espécie de gente…

por Magda L Pais, em 13.03.15

temper.gif

... está à frente de sindicatos que se plantam à porta dos hospitais à espera que cirurgias e consultas sejam adiadas por causa duma greve? E se fossem eles a precisar? E se fossem os seus familiares?

É nestas alturas que o meu mau feitio vem ao de cima e me faz desejar que esses mesmos sindicalistas precisem, muito – mas mesmo muito – dum médico num dia de greve.

Eu dava-lhes, dava-lhes…

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Claudia a 23.03.2015 às 09:08

É inadmissível. Aliás, eu sou contra as greves, pois penso que se banalizaram e que o seu propósito se perdeu. Obviamente o caso descrito é mais grave, mas mesmo as milhentas greves nos transportes transtornam a vida a milhares de pessoas, assim como nas escolas, etc. Outra coisa que me enerva é ver que as pessoas pensam na greve como um dia de descanso - uma pessoa em greve deveria estar no local de trabalho mas simplesmente não trabalhar, fazendo assim valer o seu protesto. Mas claro que são poucos os que o fazem... Adicionalmente, se estão descontentes, despeçam-se. Aliás, muitos deles têm condições não tão más, é uma vergonha. 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.