Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


um desafio a propósito dos incêndios

por Magda L Pais, em 16.10.17

Tenho de me confessar preocupada. E, como eu, creio e desconfio, que todos os portugueses minimamente conscienciosos estarão preocupados. Com a falta de chuva, com o excesso de incêndios, com as mortes resultantes dos incêndios, com a falta de água e com os problemas que podem advir da chuva misturada com a cinza.

Percebo que, em momentos de aflição - como o que estamos a atravessar - a primeira ideia seja partilhar as imagens da desgraça: dos fogos, das labaredas, do fumo. São belas imagens, dramáticas e que mostram - na perfeição - o drama. Mas (e apesar de não perceber nada de psicologia ou psiquiatria), quer-me parecer que estas imagens podem ter o efeito contrário, incentivando os incendiários a querem fazer mais e melhor que os outros. A querem ser eles os autores do maior fogo, da maior nuvem de fumo, da melhor foto da desgraça alheia. 

Sempre achei que a partilha (até à exaustão) de fotos ou noticias sobre incêndios, suicídios, baleias azuis, etcetal, são contraproducentes e que devia haver muita contenção, não só dos jornalistas mas também do comum dos mortais.

Por isso... e sabendo que pode estar condenado ao fracasso, lanço-vos daqui um desafio. Partilhem a foto do que queremos que aconteça, não do que está a acontecer. 

Esta é a foto que escolho para responder a este desafio:

chuva (1).jpg

 E vocês? qual é a vossa escolha?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


15 comentários

Imagem de perfil

De Gorduchita a 16.10.2017 às 14:41

Nunca faço partilhas destes dramas. Não sou capaz, acho que não faz sentido, que não ajuda em nada, antes pelo contrário.
Da mesma forma, fico incomodada com a quantidade de notícias que se fazem à volta das tragédias (sejam elas quais forem), principalmente quando se sabe, está mais que estudado, que o efeito é contraproducente.
Admiro, por isso, a capacidade que tiveram os belgas, e os franceses, e já nem sei quem mais, que se puseram a partilhar fotos de gatos quando foi dos atentados. Porque outro tipo de imagem apenas ia alimentar a desgraça, apenas ia ajudar quem não devia.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.10.2017 às 14:44

E é exactamente isso! partilhar estas imagens - dos incendios - não ajuda, só atrapalha, só incentiva, só leva a que os malucos dos incendiarios queiram fazer ainda mais. A questão dos gatos em alturas dos atentados é pela mesma razão. 
Imagem de perfil

De Drama Queen a 16.10.2017 às 15:09

A minha opinião sobre os incêndios é que devia de ser proibido a divulgação de imagens. Mas estamos num país livre, mas não estamos livres Piromaníacos.  Outra coisa que acho interessante é ter saído o relatório e voltar este inferno outra vez. Os portugueses (eu também as vezes faço inconsciente) adoram desgraças, imagino quantos Portugueses foram passar a estrada da morte (Pedrogão Grande) só por causa desse desejo mórbido de ver desgraças. Um exemplo mais vulgar quando há um acidente as pessoas passam pelo o acidente quase param para ver o que se passou, por isso que não fico surpreendida por as pessoas partilhar imagens que chocam.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.10.2017 às 15:11

concordo plenamente! é impressionante (pela negativa) a quantidade de gente que gosta de ver uma desgraça. E isto dos incendios é a mesma coisa. Esquecem-se que, ao fazê-lo, podem estar a incentivar a que haja mais
Imagem de perfil

De Drama Queen a 16.10.2017 às 16:56

Esqueci-me ainda de comentar que estás imagens partilhadas nas redes sociais e na televisão só vai abrir feridas que ainda nem começaram fechar. Gostava que as pessoas pensassem um pouco no que os outros sentem, os que viveram na pele esta desgraça, que vão recordar e passar novamente por tudo na sua mente...
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.10.2017 às 18:45

essa é outra vertente que me esqueci de abordar mas que, realmente, tens toda a razão. Nunca mais fecham as feridas...
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 16.10.2017 às 15:36

O português só está bem quando o sangue lhe chega aos pés!!!Image
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.10.2017 às 15:39

infelizmente é uma grande verdade
Imagem de perfil

De Mula a 16.10.2017 às 16:17

Nunca consegui compreender quem obtém prazer com as desgraças dos outros... Bem sei que tantas vezes é doença, mas na grande maioria é mesmo filha da putice... 


Por mim partilharia grandes prados verdes para bloquear o negrume que temos visto... 
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.10.2017 às 16:18

Prados verdes, chuva, gatos... tudo o que se quiser que afaste os pensamentos do fogo e não incentive ainda mais
Sem imagem de perfil

De Sandra Wink.Wink a 16.10.2017 às 18:20

Concordo com tudo, menos com a questão dos incendiários. Não tenho assim tanta certeza que os fogos foram todos iniciados por gente doida. Há toda uma outra gente não tão doida assim a incendiar.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.10.2017 às 18:46

podem não ser doidos duma forma mas são de outra. Podem ser pessoas doentes, pessoas cujos valores monetários falam mais alto...
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 16.10.2017 às 18:43

O pior é mesmo as pessoas que ficam para obter essas imagens. Os repórteres televisivos, procuram o melhor enquadramento, correm atrás das pessoas que andam com as mangueiras ou com baldes para saber se está a ser díficil apagar o fogo, enquanto isso, outras pessoas (maioria jovens) estão a filmar, comentar, tirar fotografias, como se fossem repórteres das televisões. 
Ainda ontem colocaram um vídeo que um condutor fez na A17, onde o condutor estava a violar, várias, normas de trãnsito, ao estar a guiar com uma mão e ter o telemóvel na outra oara filmar, fazendo o carro passar entre faixas de rodagem, para mais para a frente, ter percebido que se não mantivesse uma distância maior para o carro da frente, morria lá. Isso é muito "cool" para mostrar nas redes sociais, se perdesse o controlo do carro, morria ele e matava os que estivessem atrás. 
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.10.2017 às 18:48

essa é outra. Não há a minima noção dos perigos em que se envolvem para obter a melhor fotografia, a melhor reportagem. Atrapalham quem está a trabalhar, impedem o socorro, e ainda tem o descaramento de dizer que não o querem fazer
Imagem de perfil

De Mia a 17.10.2017 às 19:20

Não tinha pensado nisso por esse prisma, mas é bem possível...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.