Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Uma experiência lá fora

por Magda L Pais, em 30.10.18

A propósito da ida da minha filha para Inglaterra para estudar (podem ler toda a história aqui) convidei a Sweetener a falar da sua experiência, já que ela também foi para Inglaterra estudar. Ou, pelo menos, tentou.

Olá, sou a Sweetener, autora do blog com mesmo nome. Fui convidada pela Magda para falar sobre a minha experiência com a empresa que me ajudou a ir estudar para o Reino Unido, há três anos atrás. Por ter sido há tanto tempo, peço que confirmem, nomeadamente valores, pois podem ter mudado no decorrer deste tempo.

Tudo começou com uma palestra na minha escola secundária. O fundador, André Rosendo, deu uma belíssima palestra, que encantaria qualquer um. Ter a possibilidade de estudar em Londres, com propinas financiadas era um sonho. Sabia que a minha mãe não tinha possibilidades de me colocar a estudar no país e a oferta pareceu-me boa para perder a oportunidade de tentar.

Pesquisei exaustivamente tudo o que encontrei sobre a empresa, o projecto e as condições. Pedi feedback e percebi que era fidedigna. Juntei toda a informação possível e abordei o assunto em casa. Inicialmente a ideia não foi muito bem recebida. A minha mãe ficou céptica, achou que era a galinha dos ovos de ouro. Mas com o tempo (e a minha persistência) lá acabou por aceitar e ser o meu maior apoio.

A "oferta" consistia em tirar uma licenciatura no Reino Unido, com propinas financiadas. As mesmas, só seriam pagas após a conclusão do curso e apenas se auferíssemos de mais de 2000€/mês (existe uma tabela).

Marquei reunião nos escritórios da Ok Estudante em Lisboa, onde recebi todas as informações quanto ao que fazer e os prazos da candidatura. Candidatei-me a fotografia, para uma universidade no centro de Londres. Como foi já no final do ano lectivo (Julho), e o curso que escolhi tinha como prova de ingresso um portefólio, não consegui entrar em Setembro desse ano. Parei então um ano, onde arranjei trabalho para ajudar a pagar as despesas do processo, tive tempo para investir num curso de inglês - coisa que aconselho vivamente a fazerem caso pretendam embarcar nesta aventura. E estava pronta.

Em Janeiro seguinte, enviei o meu portefólio e passados 15 dias recebi a Condicional Offer. Este documento, é uma pré-aceitação na universidade. É como que temos um lugar reservado pelo nosso portefólio (no meu caso) mas não entrámos oficialmente. O mais importante, e sem o qual, não há aceitação para ninguém é o IELTS - international english language testing system. Como o nome diz, é um exame de inglês avaliado de 0 a 9, em quatro parâmetros: leitura, audição, escrita e falado. O mínimo de entrada é ter uma média de 6, sendo que não podemos tirar menos de 5,5 em nenhum dos parâmetros. Em 2015, o exame custava 205€.

Os resultados demoraram cerca de um mês a chegar e com eles, chegou também a minha Incondicional Offer: era aluna no Reino Unido.

Existem várias ofertas de alojamento. Eu optei pelas residências, onde apesar de pagar mais, me senti mais segura. Conheci pessoas que foram para um hotel por semanas até encontrar uma boa casa ou quem já tivesse conhecimentos e tivesse onde ficar.

Todo o processo foi tratado pela Ok Estudante. Todos os documentos, envios Portugal-Reino Unido foram suportados por eles. Pelo pacote de serviços, pagámos 595€.

Setembro chegou no ápice e lá fui. Infelizmente, acabei por desistir pouco tempo depois, regressando a Portugal e não voltei a estudar. As saudades falaram mais alto...

A quem tem este sonho, seja pelo Reino Unido, seja pela licenciatura, seja pelo que for: aconselho vivamente a viverem a experiência. Volto a referir que isto se passou há três anos e que entretanto com o Brexit, não sei se o que digo se mantém correto.

E pronto, posso ter-me esquecido de algum ponto mas aqui está o meu testemunho.

(se quiserem saber os valores e condições actuais, aqui estão elas)

May we meet again

 Que esperam para me acompanhar no facebook e no instagram?

Conhecem o meu blog sobre livros?

e

Não se esqueçam de nomear os vossos blogues favoritos para os Sapos do Ano 2018

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Sweetener a 01.11.2018 às 09:29

Volto a agradecer o convite! Obrigada 
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 03.11.2018 às 12:17

Obrigado eu :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.