Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Viajar de avião

por Magda L Pais, em 28.10.14

882069.jpg

 

Sim, eu gosto de viajar. Sem dúvida alguma. De conhecer outros países, outras culturas, outras comidas, outras formas de estar. E até de aprender como a mesma expressão pode ter significados diferentes em culturas diferentes.

(e aqui recordo, por exemplo, quando estive em Cancun, na minha viagem de finalistas – que saudades dos meus filhos finalistas – que, na visita que fizemos a Chichen Itza, o guia nos ter mostrado toda a cidade Maia, incluindo o campo de jogos e de nos ter explicado, nesse mesmo campo, que o capitão da equipa vencedora era morto no final do jogo, porque a morte era a maior recompensa possível. Depois, um pouco mais à frente, mostrou-nos uma cabeça duma cobra e disse-nos que os Maias diziam que dava sorte tocar nos dentes daquela cobra. Claro que foi um corrupio, todos quisemos tirar a foto da praxe, a tocar nos dentes da cobra. No fim das fotos, o guia riu-se e disse-nos – acho que todos se esqueceram que sorte, para os maias, era morrer… Foi gargalhada geral, naturalmente, mas veio comprovar que, de facto, a mesma coisa pode ter significados muito díspares em diferentes culturas).

Mas adiante, e voltando ao tema – as viagens de avião. Por mais que goste de viajar, não gosto de viagens de avião. Não gosto porque tenho vertigens, gosto de ter os pés assentes na terra e faz-me muita confusão aquelas toneladas todas lá em cima como se fosse muito leve. Dito isto, digo também que não deixo que esse medo me impeça de viajar – o que me pode impedir de viajar é a falta de dinheiro e não o medo dos aviões.

Até aqui tudo bem. Assim como assim, entro no avião, sento-me longe da janela, pego num livro e pronto. A viagem corre bem, seja ela de 14 horas (como foi até a Cancun) ou de hora e meia como foi até ao Funchal (ah e também já viajei num avião da força área entre Lisboa e Montijo – 20 minutitos).

Agora o problema vai ser em 2024 se esta tecnologia for para a frente. É que, ao que parece, só na casa de banho é que vou poder não ver o que se passa no exterior do avião. E isso assusta-me, confesso. Tá certo, será uma poupança no combustível e pode ser (pode ser!) que isso se reflita nos preços e me permita viajar mais vezes. Mas ainda assim… não sei não.

Autoria e outros dados (tags, etc)


20 comentários

Imagem de perfil

Sofia Margarida a 28.10.2014

Ai que horror, assim não! Assim ainda tenho mais medo :o
Imagem de perfil

Magda L Pais a 28.10.2014

tás como eu. apesar de ser apenas paineis de televisão, acho que vou entrar em pânico.Image
Imagem de perfil

Sofia Margarida a 28.10.2014

Mas se forem bons, vai parecer tao real que vou ter medo de cair :P 
Imagem de perfil

Magda L Pais a 28.10.2014

também eu... também eu
Imagem de perfil

M* a 28.10.2014

Obrigada Magda! Image Tinha tentado ler a notícia mas, por ser paga, não consegui :P


A última vez que andei de avião tinha uns 5 ou 6 anos e, confesso, não me recordo de nada. Tenho vertigens, não consigo estar nos cantos das varandas nem ver ninguém debruçado em edifícios altos mas, sinceramente, acho que isto vai ter a sua piada Image 
Imagem de perfil

Magda L Pais a 28.10.2014

Tás como eu, também tenho vertigens e quase que entro em panico quando estou em sitios altos. E acho que não vou gostar nada disto
Imagem de perfil

Nathy ღ a 28.10.2014

Há tanto tempo que não faço uma viagem de avião... Vida de pobre é o que é. :(
O único mal de andar-se de avião é que fico com uma mosca dentro dos ouvido. Tirando isso adoro :)
Imagem de perfil

Magda L Pais a 28.10.2014

a mosca no ouvido é o menos :) mastigo sempre imensas pastilhas nas viagens (que também não são assim tantas...)
Imagem de perfil

Nathy ღ a 28.10.2014

Mas confesso que não teria coragem de andar num desses aviões todo XPTO. Fico-me pelo tradicional :D
Imagem de perfil

Magda L Pais a 28.10.2014

eu também acho que, aqui, o tradicional é o melhor
Imagem de perfil

Life Inc a 28.10.2014

Também não sou fã de andar de avião mas como ainda não inventaram o teletransporte lá tem de ser. A viagem de mais de 8h para NY custou-me horrores e só me apetecia saltar fora! Então com uma tecnologia destas é que não me apanham!

xoxo
cindy
Imagem de perfil

Magda L Pais a 28.10.2014

viagens longas são mesmo um martirio. as viagens que fiz a Cancun e a NY estão no topo do martirio, precisamente pelo tempo que demoram...


Bjs
Imagem de perfil

A Miúda a 28.10.2014

Tem de passar a viagem toda a dormir ou de olhos tapados.
Vão ter de inventar alguma coisa para as pessoas aguentarem.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 28.10.2014

essas são algumas das hipoteses, sim. :)
Imagem de perfil

marrocoseodestino a 28.10.2014


Já tinha visto essa noticia e fiquei aterrorizada. Adoro viajar, tanto que um dos nossos objetivos anual é fazer pelo menos uma viagem por ano, mas detesto andar de avião. E tal como tu gosto de ficar bem afastada da janela, assim seria impossível.
Eu quero acreditar que esse aviãozeco não vai sair.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 28.10.2014

eu também tenho essa esperança, que o avião não saia. Ou, pelo menos, que seja opcional
Imagem de perfil

Mar Português a 28.10.2014

A ser, realmente, ao menos que se reflita nos números.


Também adoro viajar e não me custa andar de avião, mas isto parece-me esquisito.
Imagem de perfil

Magda L Pais a 29.10.2014

eu diria que é mesmo muito esquisito
Imagem de perfil

BataeBatom a 31.10.2014

Lembrei-me logo das pessoas com vertigens, quando vi essa notícia! Não sei se ia ideia irá para a frente...
Só uma coisa: "o capitão da equipa vencedora era morto no final do jogo, porque a morte era a maior recompensa possível"? MEDO! Image
Imagem de perfil

Magda L Pais a 31.10.2014

eheheheh sabes o que pensei quando ouvi essa história? - Ainda bem que não fui Maia! arre!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor








Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.